O último fim de semana foi de êxitos para a APROJ, que viu triunfar os dois escalões em competição.

A equipa de iniciadas foi a Vila Real vencer a equipa local num jogo impróprio para cardíacos, garantindo, com este triunfo no último jogo da segunda volta do Campeonato Regional, o segundo lugar da Série 5.

Ambas as equipas chegaram a este encontro com duas vitórias, mas depois do desfecho da primeira volta em S. João da Madeira, onde o Vila Real Perdeu por 3-2, a APROJ estava ciente de que iria encontrar um adversário motivado no confronto no reduto do Vila Real.

Com uma excelente entrada, a equipa de S. João da Madeira não cometeu grandes erros. Consistentes no serviço, as visitantes estiveram sempre na frente no resultado, conseguindo fechar o marcador em 18-25.

No segundo set as equipas entraram equilibradas, situação que se chegou a refletir no marcador (17-17), mas o serviço das iniciadas da APROJ acabaria por dar alguma vantagem na parte final do set à equipa de S. João da Madeira, que finalizou com 19-25.

No set seguinte as visitantes estiveram à frente do Vila Real até aos 13-17, mas alguns erros de receção e alguma falta de capacidade na concretização contribuíram para que a turma adversária ganhasse confiança e ficasse à frente por 22-17. A APROJ foi-se abaixo e o Vila Real venceu o set por 25-18.

O quarto set foi renhido e impróprio para cardíacos. Com ambas a equipas a lutarem, taco a taco, até aos 16-16, foi o Vila Real que se distanciou ligeiramente no marcador, mas depois de um tempo técnico a comandadas de Filipa Monteiro reagiram acabando por empatar a 24-24.

O jogo terminou após dois bons serviços do lado da APROJ. Com a vitória do quarto set por 24-26, a equipa de S. João da Madeira conquistou o segundo lugar da Série 5, seguida do SC Vila Real e a AR Canídeo, na terceira e quarta posições, respetivamente. O GC Santo Tirso foi o vencedor.

As cadetes não ficaram atrás e também arrecadaram um triunfo fora de portas. Numa deslocação a Santo Tirso, a APROJ entrou com a mesma determinação do jogo da primeira volta, em que venceu por 3-0, e arrecadou mais três pontos no último jogo da segunda fase.

Com um serviço assertivo, a APROJ começou a construir um resultado volumoso logo no primeiro set, nunca permitindo que a equipa local se aproximasse no marcador, mas no segundo a história foi bem diferente. O Santo Tirso entrou melhor no jogo e com uma boa defesa baixa conseguiu atingir no contra-ataque alguns pontos fracos da equipa de S. João da Madeira, acabando por vencer o segundo set de forma confortável.

Nos sets seguintes a APROJ voltou a estar ao seu melhor nível no side out e no contra-ataque não permitido que turma da casa se aproximasse no resultado.

Com este encontro ficou concluída a segunda fase com a APROJ a ocupar a terceira posição da Série 4 do Campeonato Regional.

Segue-se uma semana de folga, para, logo de seguida, o clube entrar no 77º aniversario da Associação de Voleibol do Porto.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui