É por estas e outras razões que o calçado português continua a dar que falar pelos quatro cantos do mundo e a ser reconhecido como a “indústria mais sexy da Europa”. Exemplo disso são as propostas da Lutreet, uma marca portuguesa criada pela designer sanjoanense Teresa Costa Sousa em abril de 2018. Depois do sucesso da primeira coleção, a nova linha de calçado já está no mercado internacional, e ao que tudo indica, os êxitos serão redobrados.

O ruído do Loop, as pontes sobre o Michigan e as luzes da cosmopolita cidade de Chicago estão por trás da nova imagem “The Alley Edition”.

Entre “alleys” e “high-rises” nasce uma campanha enérgica, repleta de sorrisos e movimento. A edição apresenta dois modelos diferentes com duas opções de cor cada um. Com as mesmas linhas estruturais da primeira edição surge uma sapatilha, desta vez fechada, com uma espécie de botim de lycra e uma “pulseira” removível. Baseado em duas cores, “warm alley” e “ggloomy alley”, as propostas prometem um look inconfundível. A Lutreet printed scarf mantém a assinatura numa sapatilha minimalista: “Deep Alley” e “Silent Alley”.

Sonhados em Itália e pensados nos Estados Unidos, é em Portugal que são produzidos com o carimbo “Made in S. João da Madeira”.

No entanto, vale a pena ver o novo look book no site da marca e relembrar porque é que a marca está a conquistar a Europa e os EUA.

 

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui