No novo site do Município de S. João da Madeira, apresentado em julho do ano passado juntamente com uma aplicação para telemóvel, como o labor noticiou na altura, os munícipes continuam, passado mais de meio ano, a não ter acesso ao “microsite da transparência”, como lhe chamou Jorge Sequeira na última sessão da AM.

Em resposta a Gonçalo Fernandes (PSD/CDS-PP), o presidente da câmara adiantou que o referido “microsite”, “desenhado de raiz com o envolvimento dos nossos serviços”, será lançado no final do mês ou, o mais tardar, em março. O autarca referiu ainda que, “logo no início do mandato, tomámos a decisão de tornar todas as reuniões de câmara [ordinárias] públicas”, mostrando, assim, àquele membro da coligação o quanto a autarquia, em seu entender, tem sido “transparente”.

Opinião diferente tem o Gonçalo Fernandes que, no período de antes da ordem do dia, recordou dois dos primeiros despachos de Jorge Sequeira referentes, precisamente, à “transparência” e ainda aos “sem-abrigo”. “Passado um ano e quatro meses, continuamos sem ver resultados (…). São tão ‘transparentes’ que não se podem ver”.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui