AD Sanjoanense, 1 – SC Marítimo B, 1

Jogo no Estádio Conde Dias Garcia.

Árbitro: João Caseias Almeida, auxiliado por Bruno Nascimento e Hugo marques (AF Viseu).

AD Sanjoanense: Fábio Santos, Florentino (Matheus, 88’), Rúben, Ken, Almeida, Coulibaly, Syzyi, Cauê, Caleb, Gazela, Terrence (Bilu, 83’).

Suplentes: Nuno Dias, Vítor Bastos, Daniel, Bilu, Matheus, Ká Semedo.

Treinador: Nuno Costa.

SC Marítimo B: Edgar, Teles, Mamadou, Bonera, Naldinho, Pelágio (Matthew, 80’), Gonçalo, Mesquita (Johnson, 62’), João Pedro, Leandro, Aloísio Neto.

Suplentes: Matthew, Johnson, Miguel Rosário, Miguel Sousa, Rudy, Tiago Nunes.

Treinador: Ludgero Castro.

Ao intervalo: 1-1.

Marcha do marcador: 1-0 por Almeida (30’), 1-1 por Leandro (36’).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Coulibaly (33’), Teles (54’), Johnson (72’), Almeida (78’).

A Sanjoanense não foi além de um empate, o terceiro consecutivo, na receção ao Marítimo B. Os locais até inauguraram o marcador ainda na primeira parte, mas um erro da defensiva alvinegra acabaria por originar o empate dos insulares minutos depois, resultado que se manteria inalterado durante o resto do encontro.

Com um início equilibrado as primeiras oportunidades pertenceram aos homens da casa e Florentino foi um dos que mais procurou o golo, e se logo nos minutos iniciais tentou ultrapassar a defensiva com uma jogada individual, pouco depois do primeiro quarto de hora tentava servir Terrence com um cruzamento para o interior da área. Aos 25 minutos o avançado alvinegro volta a insistir, mas o remate acaba desviado para canto, e na cobrança do lance é Cauê que atira forte à trave da baliza à guarda de Edgar.

À passagem da meia hora os alvinegros respiravam de alívio. Após uma investida pelo centro do terreno, Almeida acredita e com um potente remate de fora da área e abre o ativo. Tudo parecia bem encaminhado para os locais, mas seis minutos volvidos Leandro aproveita uma falha de Ken para restabelecer a igualdade.

A Sanjoanense tentou reagir e pouco depois Caleb desperdiçava uma boa oportunidade para desfazer o empate, mas foi o Marítimo que esteve mais perto do golo quando, já perto do intervalo, Mesquita viu Fábio Santos desviar o que poderia ter sido o segundo dos visitantes.

Na segunda parte a equipa de Ludgero Castro entrou a pressionar, mas a Sanjoanense equilibrou e até teve algumas oportunidades para desfazer o empate. Se aos 31 minutos o remate de Gazela saiu por cima da trave, foi Caleb, já em tempo de compensação, que teve uma das melhores oportunidades da etapa complementar, mas o avançado alvinegro deixou-se antecipar pelo guardião Edgar.

Sem mais alterações no marcador, a Sanjoanense somou o terceiro empate consecutivo, resultado que deverá ter contribuído para que este também fosse o último encontro de Nuno Costa ao comando dos alvinegros.

Na próxima jornada a Sanjoanense desloca-se ao recinto do Cinfães.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui