Teatro das Beiras apresenta o espetáculo “Do princípio ao fim”. Na Casa da Criatividade, com uma configuração especial

 “Alternativa à 5ª!” começa hoje, dia 21 de fevereiro, pelas 22h00. Esta nova proposta cultural do Município de S. João da Madeira consiste, tal como o labornoticiou em edições anteriores, em proporcionar, uma vez por mês, tendencialmente à quinta-feira, na Casa da Criatividade, um momento de descoberta, num final de noite que promete ser intimista e de partilha profícua.

Esta quinta-feira, a maior sala de espetáculos da cidade assume uma configuração especial, com uma bancada em cima do palco e lotação limitada a 100 pessoas. No final do espetáculo, o público, em jeito de tertúlia informal, vai poder conversar com os artistas acerca do processo criativo e colocar todas as questões/sensações/impressões “em cena”. Os bilhetes têm um custo único de três euros.

Teatro das Beiras abre as hostes

Cabe ao Teatro das Beiras inaugurar a “Alternativa à 5!”. A companhia de teatro profissional oriunda da Covilhã traz à Casa da Criatividade “Do princípio ao fim”. Trata-se de um espetáculo “construído a partir dos textos ‘Perigosamente’ e ‘Amizade’, de Eduardo de Filippo, que está estruturado num guião que aborda os géneros comuns ao teatro musical e dramático de grande expressão popular na Europa pós-guerra”, como disse em exclusivo ao nosso jornal Fernando Sena, acrescentando: “A encenação é de Gil Salgueiro Nave, os cenários e figurinos de Luís Mouro e a interpretação de Nuno Geraldo, Tiago Moreira, Roberto Jácome e Sílvia Morais”.

Desde a sua estreia, em junho de 2018, “Do princípio ao fim” já foi apresentado na Covilhã, Castelo Branco, Vila Real, Guimarães, Abrantes, Viana do Castelo, Évora, Serpa, Caldas da Rainha e Seixal. S. João da Madeira é a próxima localidade a recebê-lo, mas ainda este ano vai estar presente também em Montalegre e na Vidigueira.

“Felizmente temos tido uma boa aceitação por parte do público”, afirmou o diretor do Teatro das Beiras há já 45 anos.

102 Produções e mais de 300 mil espetadores em 45 anos de atividade

Em declarações ao labor, Fernando Sena fez “um balanço muito positivo” do percurso com mais de quatro décadas do Teatro das Beiras.  “A estrutura foi criada em 1974 e profissionalizou-se em 1994”, sendo que, durante os seus quase 45 anos de atividade, realizaram 102 produções e tiveram mais de 300 mil espetadores de Norte a Sul do país, mas também além-fronteiras.

Para 2019, de acordo com o responsável, o Teatro das Beiras “tem na manga” três novos espetáculos, entre os quais um para a infância e juventude que estreou no passado sábado. Ainda este ano, vai organizar “uma vez mais o Festival de Teatro da Covilhã, cuja primeira edição foi realizada em 1980”, completou Fernando Sena.

Neste momento, o Teatro das Beiras conta com oito profissionais, seis dos quais atores.

 

 

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui