AD Sanjoanense, 6 – Valença HC, 4

Jogo no pavilhão de Desportos da AD Sanjoanense.

Árbitros: José LaSalette (AP Aveiro) e Nuno Lucas (AP Coimbra).

AD Sanjoanense: Tiago Rodrigues, Alexander Mount, Pedro Cerqueira, Xavier Cardoso, Afonso Santos.

Suplentes: Marco Lopes, Tiago Almeida, João Cruz, Pedro Rego, José Almeida.

Treinador: Vítor Pereira.

Valença HC: Eduardo leitão, José Campos, Jorge Faria, Tiago Pereira, Diogo Sá.

Suplentes: Kevin Correia, Vítor Jesus, Javier Añon, Migue Fernandes, Hélder Martins.

Treinador: João Araújo.

Ação disciplinar: Cartão azul para Javier Añon (20’), Tiago Pereira (48’), Javier Añon (49’), Miguel Fernandes (49’), José Campos (49’).

Ao intervalo: 2-2.

Marcha do marcador: 0-1 por Jorge Faria (12’), 1-1 por Pedro Cerqueira (13’ GP), 2-1 por Alexander Mount (16’), 2-2 por Tiago Pereira (16’), 3-2 por Pedro Cerqueira (41’ GP), 3-3 por Tiago Pereira (43’), 4-3 por José Almeida (48’ L), 5-3 por Pedro Cerqueira (49’ GP), 5-4 por José Campos (49’ L), 6-4 por José Almeida (49’ L).

Faltas: AD Sanjoanense, 11 | Valença HC, 7.

A Sanjoanense mantém-se na liderança isolada da classificação depois de vencer, em casa, o Valença num encontro em que os alvinegros converteram quase todos os lances de bola parada.

Num jogo de nervos, prejudicado pela arbitragem, e com a indecisão no resultado a manter-se praticamente até ao final, entrou melhor o conjunto visitante, com Jorge Faria a inaugurar o marcador aos 12 minutos, numa jogada de contra-ataque, depois uma série de situações de perigo dos alvinegros.

A vantagem do Valença não abalou a confiança dos homens de Vítor Pereira, que reagiram de imediato com o golo da igualdade apontado por Pedro Cerqueira na conversão de uma grande penalidade. Pouco depois Alexander Mount colocava a Sanjoanense na liderança, mas os locais ainda saboreavam o golo e já os visitantes restabeleciam a igualdade com um remate colocado de Tiago Pereira.

A poucos minutos do intervalo o inglês falhou um livre que poderia ter feito a Sanjoanense regressar dos balneários em vantagem.

Na segunda parte os alvinegros entraram a pressionar e a dominar e depois de duas bolas ao ferro da baliza de Eduardo Leitão é Pedro Cerqueira que, já nos últimos 10 minutos da partida, desencrava o marcador ao converter mais uma grande penalidade.

Com o Valença a discutir o resultado praticamente até ao fim, os visitantes não demoraram a responder, com Tiago Pereira, com uma jogada individual, a bisar na partida.

Com uma igualdade no marcador (3-3), os últimos dois minutos foram intensos. José Almeida converteu dois livres e Pedro Cerqueira marcou mais uma grande penalidade, enquanto José Campos reduziu também de bola parada num lance a castigar a décima falta dos alvinegros.

No próximo sábado a Sanjoanense desloca-se à Póvoa de Varzim para defrontar a equipa local.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui