Bruno Sousa, César Ponzo e Eva Reis, da Shàolín Si, fazem parte dos elementos com presença regular nos treinos da Seleção Nacional com vista à preparação para os Europeus de Moscovo, tendo as últimas sessões decorrido nas instalações do Boavista F.C. por questões de melhor adequação das condições logísticas (espaços e equipamentos) ao treino específico, quer das seleções de Tao Lu (formas ou coreografias) quer das de Sǎndǎ (combate).

Os treinos de seleção são complementados com a formação nos clubes ou respetivas escolas. Bruno, Cesar e Eva têm feito uma formação regular, que deverá intensificar-se nos meses de março e abril, em condições duras, dada a inexistência de espaços e equipamentos desportivos adequados a estas modalidades no concelho, apesar dos 26 anos de atividade desportiva e dos 23 do clube.

Não sendo alimentadas quaisquer expetativas relativamente a resultados desportivos, Moscovo é um palco competitivo onde o bronze enriqueceu o palmarés do clube sanjoanense em Europeus de Wǔshù Moderno (EWuF). No domínio do Wǔshù/ Kung Fu Tradicional, modalidade em questão neste Campeonato da Europa, os atletas da Shàolín Si conquistaram, também em europeus da EWuF, na Bulgária, dois bronzes, pelo que o clube tem algum historial de pódios nas provas tuteladas pela EWuF (European Wǔshù/ Kung Fu Federation).

Para estes atletas é, no entanto, a primeira participação em provas da EWuF, e embora Eva e Bruno detenham títulos europeus na WKF, os dois vão competir segundo regras e regulamentos distintos daqueles sob os quais alcançaram os respetivos títulos. Para Alexander Ponzo, bicampeão nacional, é uma estreia absoluta em provas internacionais, marcando também uma estreia europeia da Shàolín Si no escalão competitivo de veteranos.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui