Bruno Sousa, César Ponzo e Eva Reis, da Shàolín Si, fazem parte dos elementos com presença regular nos treinos da Seleção Nacional com vista à preparação para os Europeus de Moscovo, tendo as últimas sessões decorrido nas instalações do Boavista F.C. por questões de melhor adequação das condições logísticas (espaços e equipamentos) ao treino específico, quer das seleções de Tao Lu (formas ou coreografias) quer das de Sǎndǎ (combate).

Os treinos de seleção são complementados com a formação nos clubes ou respetivas escolas. Bruno, Cesar e Eva têm feito uma formação regular, que deverá intensificar-se nos meses de março e abril, em condições duras, dada a inexistência de espaços e equipamentos desportivos adequados a estas modalidades no concelho, apesar dos 26 anos de atividade desportiva e dos 23 do clube.

Não sendo alimentadas quaisquer expetativas relativamente a resultados desportivos, Moscovo é um palco competitivo onde o bronze enriqueceu o palmarés do clube sanjoanense em Europeus de Wǔshù Moderno (EWuF). No domínio do Wǔshù/ Kung Fu Tradicional, modalidade em questão neste Campeonato da Europa, os atletas da Shàolín Si conquistaram, também em europeus da EWuF, na Bulgária, dois bronzes, pelo que o clube tem algum historial de pódios nas provas tuteladas pela EWuF (European Wǔshù/ Kung Fu Federation).

Para estes atletas é, no entanto, a primeira participação em provas da EWuF, e embora Eva e Bruno detenham títulos europeus na WKF, os dois vão competir segundo regras e regulamentos distintos daqueles sob os quais alcançaram os respetivos títulos. Para Alexander Ponzo, bicampeão nacional, é uma estreia absoluta em provas internacionais, marcando também uma estreia europeia da Shàolín Si no escalão competitivo de veteranos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...