“O Município decidiu dar prioridade a outras funcionalidades do site”

O Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD) entrou em vigor a 25 de maio de 2018.O que levou a que todas as plataformas onde as pessoas estavam inscritas para receber informações passassem a ter de questionar os inscritos sobre se queriam continuar a receber informação. Caso quisessem, tinham de preencher um formulário de consentimento para continuar a receber a newsletter e informação atualizada sobre a programação e as novidades do determinado espaço.

No caso de S. João da Madeira, o serviço de divulgação de informação das atividades e eventos estava descentralizado em diferentes plataformas relativas à Casa da Criatividade e aos Paços da Cultura, à Biblioteca Municipal Dr. Renato Araújo, à Oliva Creative Factory, ao Núcleo de Arte da Oliva e ao próprio Município que, por sua vez, enviavam as informações para todos os inscritos nas suas bases de dados.

A entrada em vigor do RGPD levou a algumas alterações no funcionamento da divulgação da informação. Todas estas plataformas tiveram de enviar um email a cada um dos inscritos na base de dados para que decidissem se queriam continuar ou não a receber a sua informação. Além disso, o sistema de divulgação da informação que, antes era descentralizado em cada uma das entidades, passou a ser centralizado no Município que passou a ser responsável pelo envio da informação para todos os inscritos na base de dados.Se pensava que bastava dar autorização para receber informação, por exemplo da Casa da Criatividade, e isso automaticamente permitia que continuasse a receber informação de todos os outros espaços municipais, isso não é o que acontece. Para receber a newsletter e informação atualizada sobre a Casa da Criatividade e os Paços da Cultura, a Biblioteca Municipal Dr. Renato Araújo, a Oliva Creative Factory, o Núcleo de Arte da Oliva e o próprio Município tem de ir ao site/blogde cada um deles, procurar pelo item newsletter e preencher o formulário de consentimento para receber a informação via email e, caso queira, também via telemóvel.

Ao longo do processo de descoberta do funcionamento da divulgação de informação sobre a programação e eventos dos equipamentos municipais, ficámos com dúvidas sobre a newsletter do Município. Apesar da inscrição para receção da newsletter do Município, no dia 21 de fevereiro, não recebemos nenhuma informação até então.

Entretanto, confrontámos o Município sobre o estado de funcionamento da sua newsletter para saber se este é um problema que existe desde que inauguraram o novo site a 9 de julho de 2018, se já o tinham detetado e quando estará resolvido.

“Quanto à câmara municipal, ainda não foram emitidas newsletters para quem se inscreveu no site, dado que, paralelamente à implementação do RGPD, avançou também a disponibilização do novo site, o que atrasou o processo em relação às plataformas de outros equipamentos municipais. Mas, em breve, o processo de envio de newsletters com informações do novo site da autarquia também será dinamizado”, respondeu o gabinete de comunicação do Município ao labor.

Esta newsletter “está funcional, mas ainda não foi utilizada” desde a criação do novo site, esclareceu o gabinete de comunicação, explicando que “o Município decidiu dar prioridade a outras funcionalidades do site”. “A informação que constará dessa newsletter será de conteúdo disponibilizado no site da câmara, mas que poderá ser mais abrangente do das restantes newsletters, dado que todos os equipamentos municipais estão, no fundo, na dependência da autarquia”, acrescentou o gabinete de comunicação. O não envio do convite para a apresentação e divulgação do livro “Forte de Peniche: Memória, Resistência e Luta”, tal como é habitual com outros eventos, terá sido uma falha pontual que foi colmatada através da informação difundida no site e nas redes sociais do Município, esclareceu o gabinete de comunicação ao labor.

O gabinete de comunicaçãoindicou ainda que o Município“dispõe de uma agenda de atividades que é publicada em formato papel e também disponibilizada online, nomeadamente no site da câmara”.

O Município afirmou que não recebeu queixas de pessoas que não recebem a informação das newsletters depois de inscritas, mas pediu às “pessoas que se confrontem com dificuldades na receção das newsletters” para que “contactem a câmara para se poder verificar as situações em causa”.

Sites da Oliva Creative Factory e Núcleo de Arte em reestruturação

Ao longo da nossa pesquisa detetamos que os sites do Núcleo de Arte e da Oliva Creative Factory não estão disponíveis para ser consultados, que tenhamos dado conta, pelo menos desde o dia 21 de fevereiro. “Ao nível da Oliva Creative Factory, que inclui o Núcleo de Arte, está a decorrer uma reestruturação do site, pelo que o mesmo não se encontra ativo neste momento”, deu a conhecer o gabinete de comunicação do Município, adiantando que, tal como já tinha sido noticiado oportunamente pelo labor, que “uma das alterações que será em breve concretizada é a disponibilização de um site autónomo para o Núcleo de Arte da Oliva”.

App municipal recebeu 487 registos até ao dia 7 de fevereiro

A aplicação (app) do Município de S. João da Madeira com o mote “a sua cidade na palma da mão” apresenta as ferramentas “Município”, “Cidadão”, “Notícias” e “Agenda” com informações sobre a cidade e que permite em “Definições” ativar ou desativar o envio de alertas sobre as notícias e os eventos da agenda desde que tenha ligação a uma rede wi-fi ou aos dados móveis. A ferramenta “Cidadão” em “Ocorrências” permite tirar fotografias de qualquer ocorrência, solicita o nome, email e contacto do cidadão, pede para especificar o tipo de ocorrência e permite um comentário e observação sobre a mesma. Na ferramenta “Cidadão” é possível ainda consultar os horários dos equipamentos municipais, a informação sobre os transportes disponíveis na cidade, enviar a leitura da água, os contactos da Proteção Civil, agendar o pedido de recolha de resíduos de grande volume e o envio de sugestões.

Até ao dia 7 de fevereiro, a app do Município recebeu 284 registos do sistema Android e 203 do sistema IOS. O Município esclareceu ainda que “não têm sido recebidas queixas de problemas no sistema de alertas da App, mas quem se deparar com alguma dificuldade deve de contactar o Município através do mecanismo de mensagens da própria app ou para o email geral@cm-sjm.pt”.

Microsite da “Transparência” apresentado no início de março. “Balcão Virtual” em maio

O novo site apresenta as ferramentas “Município”, “Cidadão”, “Visitante”, “Investidor, “Balcão Virtual” e “Transparência”. Tanto o site como a app foram desenvolvidos internamente pelos técnicos da Câmara Municipal de S. João da Madeira.

Aquando da apresentação do novo site a 9 de julho, o microsite da “transparência” estava previsto estar pronto no fim de setembro de 2018, mas a sua apresentação está prevista para o “início de março” depois de ter sido “desenvolvido internamente pela Divisão de Sistemas de Informação e Modernização Administrativa”, adiantou o gabinete de comunicaçãodo Município ao labor.

Por enquanto, quando clicamos no item “Transparência” apenas aparece a palavra “brevemente”. A “Transparência” – uma das bandeiras eleitorais dos socialistas – será uma espécie de “microsite” dentro do site do Município com informações que permitirão perceber de que forma os dinheiros públicos estão a ser gastos.

O “Balcão Virtual” disponibiliza um atendimento autárquico online em que os cidadãos podem consultar a informação de caráter público, descarregar formulários para efetuar requerimentos ou consultar regulamentos, taxas e licenças praticadas pela autarquia, entre outros. Se o cidadão criar um registo, pode aceder a um conjunto de operações, consultar informação relativa a processos individuais e submeter formulários aos serviços por via eletrónica. O “Balcão Virtual” desde a inauguração do novo site continua a ser reencaminhado para o antigo site. E assim se manterá até que esteja “disponível” algo que “se prevê em maio”, anunciou o gabinete de comunicaçãodo Município ao labor.

Site visitado por mais de um milhão de pessoas

O novo site do Município já foi visitado por mais de “um milhão de pessoas” desde que foi inaugurado em julho de 2018, revelou o gabinete de comunicação ao labor.

“O número de visitantes únicos no site foi de 21.599 em janeiro, valor que se tem mantido dessa ordem mensalmente”, acrescentou o gabinete de comunicação.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui