Sanjoanense com atitude e qualidade em jornada dupla

Campeonato da Proliga - Grupo A - 2.ª Fase

0
43

AD Sanjoanense, 100 – Angra Basket, 87

Barreirense, 75 – AD Sanjoanense, 74

AD Sanjoanense: Sílvio Rodrigues, Eduardo Guimarães, Simão Pinheiro, Guilherme Oliveira, André Dara, Miguel Reis, Carlos Resende, Pedro Azevedo, José Teixeira e Sergi Coll.

Treinador: Sérgio Salvador.

Angra Basket: Vasco Pereira, Maurício Caetano, Pedro Rocha, João Neves, Flávio Estrela, Mikeal Donaldson, Eduardo Tomé, Jorge Embaló, Pedro Oliveira, João Teixeira e Ricardo Mendes.

Treinador: Nuno Rodrigues.

Barreirense: Gerson Soares, Diogo Peixe, João Cardoso, Tiago Peixe, Niles Fuquan, Alexandre Coelho, Carlos Sicó, Khaleal Cormick, André Mendes, Gonçalo Pais, André Amado e José Cardoso.

Treinador: João Cardoso.

Foram dois resultados distintos que a Sanjoanense alcançou num fim de semana de jornada dupla. No primeiro encontro, os alvinegros receberam e bateram a formação do Angra Basket, da Ilha Terceira, dos Açores, num jogo elétrico, com os visitantes a apresentarem um basquetebol muito aguerrido e rápido, mas com pouca consistência defensiva. Os homens da casa souberam tirar partido da sua maior experiência e qualidade na primeira parte e chegaram ao intervalo com uma vantagem de 15 pontos (59-44) no marcador, que foi decisiva para a vitória. Destaque, neste encontro, para os números de Eduardo Guimarães, que com 31 pontos, cinco ressaltos e três assistências foi o MVP da partida.

Dois dias depois de derrotar o Angra Basket a Sanjoanense deslocou-se ao Barreiro para defrontar o líder da Proliga. Esperava-se um jogo difícil, não só devido à qualidade do adversário, mas também do cansaço de uma jornada dupla associado ao desgaste de uma viagem ao Sul do país. Apesar disso, assistiu-se a uma excelente partida de basquetebol, com qualidade nos intérpretes de ambas as equipas e com indefinição no resultado até ao último segundo.

Começou melhor a Sanjoanense, que aproveitou o contra-ataque e esteve forte nas ações defensivas. O Barreirense reagiu e perto do intervalo aproximou-se no marcador (38-40) com o aumento de agressividade defensiva dos seus jogadores. Na segunda parte o jogo foi de parada e resposta com um basquetebol bem jogado de parte a parte e com a vitória a cair para os homens da casa.

Ficou claro que o triunfo poderia sorrir a qualquer equipa, com a formação de S. João da Madeira a mostrar, na casa do líder, que tem qualidade para se bater com qualquer equipa da Proliga.

No próximo dia 2 de março a Sanjoanense recebe, pelas 16h30, no Pavilhão Paulo Pinto, o Academia do Lumiar, atual segundo classificado.

Agenda:

Seniores masculinos

AD Sanjoanense-Academia do Lumiar

Dia 2, às 16h30, Pavilhão Paulo Pinto

Seniores femininos

Basquetebol Condeixa-AD Sanjoanense

Dia 3, às 15h30, Condeixa-a-Nova

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui