AD Sanjoanense, 1 – USC Paredes, 0

Jogo no Estádio Conde Dias Garcia.

Árbitro: Tiago Mendes, auxiliado por Marco Teixeira e Gaspar Fernandes (AF Braga).

AD Sanjoanense: Fábio Santos, Florentino, Almeida, Ken, Cauê, Coulibaly, Syzyi, Gazela, Caleb, Matheus, Terrence.

Suplentes: Nuno Dias, Vítor Bastos, Rúben, Bilu, Daniel, Rafa, Júlio.

Treinador: Flávio das Neves.

 Danny Carvalho, Amadeu, To Jo, Nuno Moreira, Abbas Ibraim, Isamel, Vladislav, Sousa, Jorginho, Madureira, Joel.

Suplentes: Luís, Pedro Duarte, João Vítor, Miguel, Martins, Ginho, Vítor Hugo.

Treinador: Eurico Couto.

Ao intervalo: 1-0.

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Syzyi (54’ e 90’), Miguel (69’). Cartão vermelho para Syzyi (90’).

Marcha do marcador: 1-0 por Caleb (28’).

A Sanjoanense procurava repetir em casa o desfecho da jornada anterior e entrou bem no jogo e assumiu o comando da partida e do marcador, mas acabou o encontro pressionada e a defender a escassa vantagem.

Frente a um adversário direto e que chegou a este jogo à frente dos alvinegros, ainda que com os mesmos pontos, começou melhor a equipa da casa, que praticamente empurrou a formação de Paredes para o seu meio campo e logo aos dois minutos deixava os visitantes em sentido, com Florentino a afinar a pontaria. Pouco depois Caleb seguiu o exemplo, mas Danny Carvalho travou o remate do ganês.

O domínio pertencia aos locais, que à passagem do quarto de hora voltaram a criar perigo, com Florentino a investir pela direita e já dentro da área atrasa para Matheus, mas pressionado por dois adversários o pontapé do brasileiro acaba por sair ao lado.

Já perto da meia hora a tranquilidade chegava à Sanjoanense com Caleb, que instantes antes havia perdido uma boa oportunidade na sequência de um desentendimento com Terrence, a atirar forte à entrada da área e sem hipótese de defesa para o guardião visitante.

O golo não acalmou a formação alvinegra, que manteve a toada ofensiva perante um adversário que só perto do intervalo é que chegou com algum perigo à baliza de Fábio Santos.

O descanso foi benéfico para os visitantes, que na segunda parte assumiram o comando do jogo procurando chegar à igualdade, mas as melhores oportunidades pertenceram aos homens de Flávio das Neves.

Se aos sete minutos foi o guardião alvinegro que se antecipou a Vladislav, evitando o golo da igualdade, pouco depois Gazela, de cabeça, obrigava Danny Carvalho à defesa da tarde.

Com um Paredes mais atrevido o perigo voltou a rondar a baliza alvinegra, mas foi Florentino que, por duas vezes, não conseguiu marcar. Se na primeira foi o guardião visitante que evitou o golo, na segunda o guineense atirou ao lado já depois de ultrapassar Danny Carvalho.

Com o jogo a caminhar para o fim e com a Sanjoanense focada em segurar a vantagem, foi aos visitantes que coube a última oportunidade, com Miguel, numa investida pela ala esquerda e já dentro da área e perto da linha de fundo, a rematar para a defesa de Fábio Santos.

Com este triunfo os alvinegros subiram uma posição na tabela classificava. No próximo domingo a Sanjoanense defronta o Lourosa, atual segundo classificado.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui