A palestra “(Des)enredar a Saúde Mental” reuniu, recentemente, cerca de 50 técnicos de intervenção social e profissionais de saúde na Sala do Terraço da Oliva Creative Factory.

Organizada pela Mentemovimento – Associação Pró-Saúde Mental de Entre o Douro e Vouga e pela Associação de Jovens Ecos Urbanos, no âmbito do Projeto Habitus, esta iniciativa teve como objetivo, segundo nota de imprensa remetida ao nosso semanário, informar, sensibilizar e desmistificar a temática da saúde mental.

A importância de colocar as diferentes entidades prestadoras de cuidados a trabalhar em rede foi defendida pelos oradores convidados, o psicólogo João Mateus Figueiredo e a assistente social Marta Pereira, ambos técnicos do Departamento de Saúde Mental, do Centro Hospitalar de Entre o Douro e Vouga.

Primeira de um conjunto de ações a serem desenvolvidas pelo Projeto Habitus

A sessão de abertura foi presidida pela vereadora da Ação Social, Paula Gaio, que salientou o quanto é importante todos os parceiros, juntos, elaborarem estratégias para enfrentar este problema. Mas a câmara municipal, entidade promotora do projeto, também esteve representada pela vereadora com pelouro da Saúde, Irene Guimarães.

Esta foi a primeira de um conjunto de ações de formação e sensibilização a serem desenvolvidas pelo Projeto Habitus, visando dar resposta às necessidades identificadas pelos técnicos e pela comunidade.

Na aplicação deste projeto, a Câmara Municipal conta como parceiros com a Associação de Jovens Ecos Urbanos, Associação Mentemovimento e Centro Cultura e Desporto.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui