A Lisbon Poetry Orchestra é um coletivo multidisciplinar formado por um núcleo de quatro músicos – Alexandre Cortez, Filipe Valentim, Luís Bastos e Sérgio Costa – com a colaboração de Mário João Santos na bateria, e de André Gago, Miguel Borges, Nuno Miguel Guedes e Paula Cortes nas vozes, que interpretou, reinventou e celebrou a poesia dos poetas Cláudia R. Sampaio, Daniel Jonas, Filipa Leal, Paulo José Miranda e Valério Romão que foram escolhidos para escrever sobre as peças musicais compostas pelo coletivo de músicos.

O espetáculo, que contou ainda com a participação do quarteto de cordas Naked Lunch, marcou a abertura da 17.ª edição da Poesia à Mesa, no dia 1 de março, pelas 22h00, na Casa da Criatividade.

A Lisbon Poetry Orchestra além deste espetáculo onde 15 poemas musicados permitiram ao público ver, ouvir e sentir a poesia de uma forma diferente, teve uma ambição maior que a levou em março de 2018 à edição pela Abysmo (abysmo.pt) o seu trabalho discográfico mais ambicioso — Poetas Portugueses de Agora, constituído por um livro e dois CD’s (um instrumental e outro com poesia declamada).

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui