Espaços verdes e passeios sujos de cocó de cão

GN

Nada temos contra quem tem animais de estimação, nomeadamente cães, e não lhes falta com os devidos cuidados, inclusive os passeios diários. Aliás, até aplaudimos a quem o faz!

Mas a conversa “muda de tom” quando os donos dos cãezinhos vêm à rua passeá-los e não apanham os dejetos caninos. Estes vão sendo cada vez mais nos espaços verdes e passeios da cidade, tornando-se uma espécie de “prova de contorno de obstáculos”, nem sempre fácil de superar, para os transeuntes.

Haja, pois, alguém que ponha a mão ao cocó! Até porque levar um saco plástico de casa e apenas ter de se baixar para recolher os dejetos não nos parece que seja uma “missão impossível”. É uma questão de saúde pública e, acima de tudo, de respeito pelo outro!

Qualquer buraco serve de caixote do lixo?

DF

Na ronda desta semana demos de caras com esta tampa que não só está maltratada, como também entupida de lixo.

A quem de direito pedimos que reabilite esta tampa e assim possa evitar acidentes a qualquer peão que lá passe e possa ficar com o pé preso ou tropeçar. Também pedimos aos cidadãos para que coloquem o lixo nos caixotes/contentores ao invés de o colocarem no chão. É uma questão de civismo.

Os leitores também podem dar o seu contributo para esta nova rubrica do labor ao enviarem as informações e fotografias para o email alguempoemaoaisto@labor.pt.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui