Festival de música solidário, em homenagem a Luís Lima, volta à Oliva a 27 de abril

O Party Sleep Repeat (PSR) está de regresso à Oliva Creative Factory, no próximo dia 27 de abril, “com nomes estruturantes da música nacional e os melhores artistas emergentes entre Portugal e Itália”, garante a organização em comunicado enviado ao labor. Os Dead Combo encabeçam o cartaz de 2019, que conta também com os Glockenwise, Conjunto Corona, The Parkinsons, Jibóia, Galo Cant’Às Duas, ASTRODOME, Melquíades, Cumbadélica e Go!zilla, estes últimos oriundos de Itália.

O PSR é, conforme o nosso jornalnoticiou oportunamente, um festival de música e cultura que nasceu em 2013 como um tributo a Luís Lima, um jovem sanjoanense falecido em 2012 que, entre muitos atributos, tinha um grande interesse por música e enorme consciência social. A iniciativa partiu de um grupo de amigos e dos pais de Luís Lima que, juntamente com o apoio de parceiros locais, tornaram esta homenagem uma celebração à vida e amizade e um momento único na cidade.

Este ano, o Party Sleep Repeat vai para a sua sétima edição, sendo já considerado “a maior promessa cultural da cidade” e reconhecido além-fronteiras. Aliás, depois dos títulos “Melhor Festival Indoor da Península Ibérica” (2016), “Melhor Festival de Pequena Dimensão de Portugal” (2017) e “Melhor Festival Ibérico de Pequena Dimensão (2018)”, alcançados nos Iberian Festival Awards, voltou a ser nomeado para várias categorias em 2019.

Receitas de bilheteira revertem para causas sociais

Tal como aconteceu nas edições anteriores, as receitas de bilheteira revertem para causas sociais. Desde o primeiro ano que o PSR se distingue pela vertente solidária, angariando donativos para famílias carenciadas apoiadas no âmbito do projeto “Apadrinhe esta Ideia”, da Associação de Jovens Ecos Urbanos, e depois, a partir da quarta edição, passou a ajudar igualmente a Liga Portuguesa Contra o Cancro.

Os bilhetes custam 10 euros e estão à venda online(http://bit.ly/PSR_2019) até 27 de abril, altura em que se poderão comprar no próprio local do evento, caso não esgotem até à data

Em nota de imprensa, a ACLL chama a atenção para que estes ingressos a preço reduzido estão limitados ao stock existente e que esgotado o número de unidades da primeira fase passa a vigorar o valor da segunda, ou seja, 15 euros. Também informa que há serviço de shuttle gratuito entre o Porto e S. João da Madeira com os seguintes horários (ainda não confirmados) Porto» SJM 15h30 e 19h30; SJM» Porto 2h00 e 5h00.

Este festival de homenagem a Luís Lima é organizado pela ACLL em parceria com a câmara municipal, junta de freguesia e Associação de Jovens Ecos Urbanos de S. João da Madeira.

 

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui