AD Sanjoanense, 81 – Académica/Efapel, 73


Jogo no Pavilhão Paulo Pinto, em S. João da Madeira.

Árbitros: Hugo Silva e Fábio Ferreira.

AD Sanjoanense: Jerry Karczewski (2), Hélder Gomes, Sílvio Rodrigues (19), Eduardo Guimarães (17), Simão Pinheiro, André Dara (4), Guilherme Oliveira, Miguel Reis, Carlos Resende (16), Pedro Azevedo (21), José Teixeira (2).

Treinador: Sérgio Salvador.

Académica: Krassimir Pereira (8), Hugo Matos (2), Malcolm Richardson (11), José Vilela, Frederico Simões (10), Rui Saraiva (2), Alexandre Santos, Georgi Egorov (27), Francisco Santiago (13), João Pragosa, Ricardo Alberto e Tiago Moço.

Treinador: Ivo Rêgo.

Ao intervalo: 38-40.

Parciais: 23-13; 15-27; 22-15; 21-18.

A Sanjoanense procurava, em casa, frente à Académica de Coimbra, chegar à quarta vitória consecutiva e dar continuidade ao seu melhor momento da temporada frente a um adversário que tem sofrido muito com a ausência do seu jogador interior Krassimir Pereira, agora de regresso após largos meses de ausência. Havia mais um aliciante para este jogo que era o facto de as equipas estarem empatadas no 5º lugar da tabela.

Foi a Sanjoanense que entrou melhor no jogo, assumindo o comando da partida, mostrando aos adeptos toda a confiança que possui neste momento. Ainda assim, a formação de Coimbra reagiu de uma desvantagem que chegou a ser de 14 pontos, e não quis que o jogo ficasse entregue logo desde o início, arrancando para um segundo período de grande inspiração, conseguindo levar o resultado a seu favor para o intervalo.

O regresso dos balneários trouxe uma Sanjoanense mais serena e focada no que tinha que fazer e, gradualmente, foi tomando conta do jogo, resultado da maior paciência na construção das jogadas ofensivas e maior critério nas decisões que fizeram com que a qualidade do jogo exterior dos seus lançadores viesse ao de cima. Como resultado, a Sanjoanense venceu o jogo com uma certa tranquilidade, por oito pontos de diferença.

O jogador mais valioso do encontro foi o capitão alvinegro Sílvio Rodrigues, autor de 19 pontos, sete ressaltos e três assistências, evidenciando, ainda, uma excelente atitude competitiva.

Com esta vitória, ainda é possível a equipa ambicionar chegar ao quarto lugar nesta fase, que dá acesso ao play off para apuramento das equipas que sobem de divisão.

No próximo sábado a Sanjoanense volta a jogar em casa recebendo, no Pavilhão Paulo Pinto, pelas 16h30, a formação da Maia. De recordar que todos os encontros com a equipa maiata foram excelentes partidas de basquetebol onde ficaram evidentes as dificuldades que os alvinegros têm para contrariar a qualidade do conjunto comandado por João Tiago. Uma vitória será fundamental para a Sanjoanense continuar a alimentar esperanças no apuramento para os play off.

Agenda

Sub16 masculinos

Oliveirense-AD Sanjoanense B

Dia 30, às 14h30, Pavilhão Ant. Costeira

Sub16 femininos

CLIP A-AD Sanjoanense

Dia 30, às 16h30, Col. Luso internacional Porto

Seniores masculinos

AD Sanjoanense- MBC

Dia 30, às 16h30, Pavilhão Paulo Pinto

Sub14 masculinos

ATC-ADS A/Aplim XXI

Dia 30, às 17h00, Pavilhão Vermoim

Sub19 femininos

AD Sanjoanense-Esgueira

Dia 30, às 18h30, Pavilhão Paulo Pinto

Seniores femininos

Salesianos-AD Sanjoanense

Dia 30, às 21h30, Salesianos do Porto

Sub16 masculinos

FC Gaia 1-ADS A/Fepsa

Dia 31, às 09h00, FC Gaia

Sub18 masculinos

AD Sanjoanense-Esgueira

Dia 31, às 14h30, Pavilhão Paulo Pinto

Veteranos

AD Sanjoanense-Maia Basket

Dia 31, às 16h30, Pavilhão Paulo Pinto

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui