Iniciativa inclui a formação de um Laço Azul Humano na Praça

 

A Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) de S. João da Madeira, em colaboração com o Município e outras entidades sanjoanenses, volta a desafiar a cidade a vestir-se de azul contra os maus tratos a crianças.

A sessão de abertura da Cidade Azul realizou-se no dia 1 de abril na sede da CPCJ na Casa das Associações.

A abertura das “12h a correr por uma causa” está marcada para este sábado, dia 6 de abril, entre as 11h00 e as 23h00, na Praça Luís Ribeiro e ruas circundantes. Esta iniciativa inclui a construção de um Laço Azul Humano, ao som da Música dos PRANA “Não me vou calar!”, criada para a CPCJ, pelas 18h00, na Praça Luís Ribeiro.

A participação nestas atividades é gratuita, mas é necessária a inscrição através do preenchimento de formulário online disponível no link https://tinyurl.com/y47pxmvo, estando as inscrições abertas até ao próprio dia.

Os participantes apenas têm de cumprir um requisito mínimo imposto pela CPCJ que é “vestirem-se de azul e estarem abertos à colaboração com o outro”, destacou a presidente Micaela Marques ao labor.

As expectativas para esta edição da Cidade Azul são “sempre altas porque todos os anos vamos sendo surpreendidos pela adesão”. Por enquanto, “estamos curiosos para ver a reação das pessoas”, assumiu Micaela Marques. “Além dos comportamentos positivos, estamos a apostar nas competências sociais das pessoas”, salientou a presidente da CPCJ ao labor.

Apesar das previsões meteorológicas não serem as mais convidativas no dia da corrida, “vamos arriscar e esperar que as pessoas não fiquem amedrontadas com a chuva. Acho que é tudo um desafio”, considerou Micaela Marques.

 

Um outro laço humano vai ser construído pelas escolas

A presidente da CPCJ adiantou ainda durante a conversa com o labor que um outro Laço Azul Humano vai ser construído pelas escolas sanjoanenses no dia 30 de abril na Praça Luís Ribeiro.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui