“12.º Ano – Antes e depois”. Foi com este tema que os docentes dos cursos Profissionais de Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos e Gestão de Equipamentos Informáticos, da Escola Dr. Serafim Leite, promoveram, no passado dia 29 de março, um colóquio com vista a sensibilizar os atuais alunos, para importância da formação para o sucesso profissional.

A iniciativa, dirigida aos estudantes de informática daquele estabelecimento de ensino, “contou com vários testemunhos de ex-alunos formados na escola que partilharam o que lhe aconteceu depois do 12.º ano”, explica António Ferreira, um dos docentes responsável pela iniciativa, assegurando que “atualmente, os jovens ainda não têm a maturidade suficiente para decidir o que vão fazer no futuro”. Foi com esse objetivo, e procurando esclarecer e incentivar os jovens sobre a importância da formação que a organização apresentou vários testemunhos, mas nem todos foram de sucesso. “Não mostramos só a parte boa da coisa”, sublinha António Ferreira, realçando o exemplo de um ex-aluno que não se dedicou e que hoje trabalha num talho. “Foi um testemunho muito sentido e emocionado porque reconhece que não se dedicou e hoje vê colegas, que foram para a universidade, que têm um ordenado e uma vida melhor do que a dele”, refere o docente.

“Faz parte de uma atividade que pretende sensibilizar os alunos, com exemplos de outros que já passaram pelo mesmo percurso, que é necessário que se interessem, que definam um objetivo e que lutem para o alcançar”, acrescenta João Paulo, outro dos professores envolvidos, assegurando que, face ás exigências dos cursos, “é necessário muita força de vontade”. “Quando têm de trabalhar, muitos pensam que é só jogos, mas são áreas que têm muito de lógica e de programação, que exigem muita concentração, dedicação e persistência. E, muitas vezes, quando isso começa a faltar não se dedicam como deveriam”, sublinha João Paulo, que admite que a iniciativa “não deverá alcançar todos os alunos”. “Se chegar a alguns, mesmo que sejam poucos, já será uma batalha vencida”, acrescenta o docente. “Pretendemos que os jovens que estiveram presentes percam cinco minutos do seu tempo para pensarem no que assistiram aqui e que algum dos testemunhos sirva de incentivo”, conclui António Ferreira.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui