O último fim de semana teve um “sabor agridoce” para a APROJ, que em dois jogos venceu um e perdeu no outro. A melhor prestação foi conseguida pela equipa de cadetes, que amealhou mais uma vitória, desta feita no último jogo da primeira fase do Torneio do 77.º Aniversário AV Porto.

Com uma coesão tática bem definida, e a evidenciar a sua evolução de jogo para jogo, a equipa de S. João da Madeira entrou forte com um serviço assertivo e com uma boa relação defesa baixa/contra-ataque, nunca permitindo que a formação de Santo Tirso se aproximasse no marcador.

Sorte diferente teve o escalão de juniores, que não conseguiu bater o Fiães num dérbi local entre duas equipas com uma rivalidade saudável.

Com um primeiro set com muito erros técnicos, a equipa de S. João da Madeira permitiu que o adversário se distanciasse no marcador e nunca mais conseguiu impor o seu jogo de forma efetiva e assertiva. Na etapa seguinte e com uma atitude renovada, a APROJ cavou um fosso muito importante no marcador, fazendo com que a equipa de Fiães não conseguisse efetuar o seu side-out de forma eficaz, chegando a estar a ganhar por 20-13. Sem que nada o fizesse esperar a APROJ voltou a cometer demasiados erros técnicos individuais que permitiram uma recuperação notável pela equipa visitante, que venceu o set por 26-24.

No terceiro set a equipa sanjoanense voltou a estar sempre por cima e com melhores índices de serviço, receção e de bloco ganhou confortavelmente. Mas no quarto set, com uma entrada fortíssima no serviço, o CD Fiães ganhou ascendente com o seu contra-ataque, nunca permitindo que a equipa local se aproximasse no marcador, finalizando com uma superioridade evidente no domínio técnico.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui