Créditos: André Machado

A Associação de Futebol de Aveiro completa, em 2019, 95 anos desde a sua fundação, uma história riquíssima, contada na obra “AFA – A caminho dos 100 anos”, assinada pela jornalista Cláudia Oliveira, que foi apresentada no passado sábado, no Estádio Municipal de Aveiro. A ocasião foi aproveitada para anunciar o arranque da construção da Cidade Desportiva da AFA e a para a homologação de competições distritais no âmbito do recreio de lazer.

A cerimónia juntou várias centenas de pessoas e contou com as presenças de Arménio Pinho, presidente da AFA, Ribau Esteves, edil de Aveiro, Fernando Gomes, líder da FPF, e Manuel Alegre, neto de Mário Duarte, fundador e primeiro presidente da história da AFA, que assina o prefácio do livro “AFA – A caminho dos 100 anos”.

“É uma obra que leva a conhecer a realidade da AFA, uma das maiores associações do país, que foi feita com muito rigor, inteligência e dedicação”, salienta Manuel Alegre, que acredita que, caso Mário Duarte, o seu avô, fosse vivo “ficaria muito contente por ver como a associação que ele fundou cresceu”. O livro é da autoria de Cláudia Oliveira, jornalista natural de Arouca, que lembra “relatos e transcrições nas atas que são obras de arte literárias” e se diz imbuída de um “sentimento de missão cumprida”.

“O livro faz a junção de todos os documentos históricos e perpetua todo o passado rico e imenso da AFA”, sintetiza Arménio Pinho, que aproveitou a ocasião para anunciar a celebração de um acordo de comodato entre a associação à qual preside e a Câmara Municipal de Aveiro para a cedência de lotes de terreno que permitirão o início da construção da Cidade Desportiva da AFA.

“Ela vai trazer melhor organização e prestação de serviços aos nossos clubes. Queremos que ela seja a cidade de todos os clubes aveirenses”, diz o presidente da AFA, ideia partilhada por Ribau Esteves, autarca no município que é sede de distrito: “Este passo fará a diferença no futuro. Temos de ser arrojados se queremos crescer. Este é um investimento importante para qualificarmos o trabalho dos dirigentes, treinadores e atletas”.

A cerimónia serviu, ainda, para homologar os torneios interfreguesias com as autarquias de Águeda, Mealhada, Oliveira do Bairro, Murtosa e Ílhavo, o campeonato da Associação de Veteranos de Terras de Santa Maria e o protocolo de colaboração com a edilidade de Santa Maria da Feira para a realização da festa do futebol feminino de Sub-19, com periodicidade anual.

Fernando Gomes, presidente da FPF, enalteceu o trabalho efetuado para “trazer para a família do futebol as pequenas grandes coletividades, pelo trabalho que desenvolvem no futebol popular e de freguesias” e, assim, “fazer crescer o futebol de recreação e lazer, e torná-lo mais seguro, com mais jovens, como tem acontecido em Aveiro, uma das associações que mais cresce”.

O programa comemorativo dos 95 anos da AFA iniciou-se a 17 de março, com o Jogo das Estrelas, realizado em Oliveira de Azeméis, e continuará ao longo de todo o ano, período em que serão levadas a cabo, pela entidade, diferentes iniciativas.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui