Dando continuidade ao trabalho de proximidade que tem vindo a estabelecer com os sanjoanenses, a coligação PSD/CDS-PP visitou recentemente o Bairro do Orreiro. Aqui está a ser levada a cabo uma “intervenção” no sentido da melhoria da eficiência energética e do conforto de quatros fogos habitacionais, para a qual foi feita uma candidatura no âmbito do PEDU, no valor de 849.723,70 euros, e da qual a oposição se diz “inteiramente” responsável, em comunicado enviado ao labor.

“Tudo o que está a ser feito no Bairro do Orreiro foi decidido, projetado e financiado pelo anterior executivo”, “aproveitando bem os fundos comunitários para colocar” aquele bairro “num patamar de grande qualidade”, referiu Paulo Cavaleiro a propósito.

No decorrer da visita, “apesar de os moradores estarem, na generalidade, satisfeitos com a intervenção, foi possível ouvir queixas (caso de estores que não fecham na totalidade), por parte de alguns, sobre o curso da empreitada”, que “só não está concluída porque quando este executivo tomou posse não adjudicou de imediato a obra”, acusam o PSD e o CDS. Queixas que, aliás, Paulo Cavaleiro já tinha levado à reunião de câmara. Também em sede de executivo municipal o vereador social-democrata já havia chamado à atenção, de igual modo, ainda para os arranjos exteriores, aos quais, em seu entender,  “não estar a ser dada a devida atenção” “faltando a necessária manutenção”.

Já segundo os líderes dos dois partidos que compõem a coligação, uma das constantes preocupações do anterior executivo foi a procura da melhoria da qualidade de vida das pessoas. Para Susana Lamas, do PSD, “orgulhosamente somos responsáveis pela melhoria da eficiência energética e conforto dos prédios do Bairro do Orreiro”, ideia corroborada pelo centrista Ricardo Mota.

“Agora queremos ver a agilidade deste executivo camarário, e a sua capacidade, para conseguir intervenções do mesmo género nos outros bairros sociais”, lembrou, por sua vez, Paulo Cavaleiro.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui