Créditos: Direitos Reservados

Angrabasket, 66 – AD Sanjoanense, 73

Jogo no Pavilhão Municipal de Angra do Heroísmo.

Angrabasket: Vasco Pereira (9), Maurício Caetano (5), Pedro Rocha, João Neves (10), Flávio Estrela, Eduardo Tomé (2), Jorge Embaló (26), Pedro Oliveira (6), João Teixeira (3) e Ricardo Mendes (5).

Treinador: Nuno Rodrigues.

AD Sanjoanense: Jerry Karczewski (3), Sílvio Rodrigues (7), Eduardo Guimarães (22), Simão Pinheiro (3), André Dara (5), Guilherme Oliveira, Miguel Reis (4), Carlos Resende (17), Pedro Azevedo (12), José Teixeira e Sergi Coll.

Treinador: Sérgio Salvador.

Ao intervalo: 45-34.

Parciais: 19-19; 26-15; 11-24; 10-15.

A Sanjoanense deslocou-se à Ilha Terceira, nos Açores, para defrontar a formação do Angrabasket, partida que terminou com o triunfo do conjunto de S. João da Madeira.

A três jornadas do fim da segunda fase da Proliga e com ambas as equipas já sem hipóteses de atingir o play off de acesso à Liga esperava-se um bom jogo de basquetebol e os intervenientes não desiludiram.

O encontro começou com a formação do continente a mostrar superioridade e a chegar a uma vantagem de nove pontos durante o primeiro período. No entanto, a formação de Angra do Heroísmo reagiu após um desconto de tempo pedido pelo seu treinador e conseguiu um parcial de 9-0, chegando ao final do primeiro quarto empatada a 19-19. No segundo período, e com Jorge Embaló verdadeiramente inspirado (22 pontos concretizados na primeira parte do jogo), a formação da ilha ganhou uma vantagem de 11 pontos, chegando, assim, ao intervalo com boas hipóteses de vencer a partida.

Na segunda parte a equipa comandada por Sérgio Salvador veio das cabines focada em dar a volta ao jogo, aumentando a intensidade defensiva, parando o irrequieto Jorge Embaló, e com muito maior circulação de bola no ataque acabou por selecionar melhor os lançamentos e melhorar bastante as percentagens de arremesso. Como resultado, no terceiro período a Sanjoanense venceu com um parcial de 24-11, passando para a frente no marcador. No último quarto os visitantes geriram o resultado, continuando fortes no capítulo defensivo e fazendo ataques longos, acabaram por vencer um jogo muito bem disputado e com incerteza no marcador, revelando-se um bom espetáculo de basquetebol. O jogador mais valioso do jogo foi Jorge Embaló, com 26 pontos, seis ressaltos e duas assistências.

Na próxima jornada, agendada para 20 de abril, a Sanjoanense recebe a formação do Barreirense, recém-promovida à divisão maior do basquetebol nacional.

Agenda

Sub14 femininos
ADS/Farmácia Lamas-CD José Régio
Dia 20, às 14h30, Pavilhão Paulo Pinto
Sub14 masculinos
CD Póvoa A-ADS A/Alpim XXII
Dia 20, às 15h00, CD Póvoa
Seniores masculinos
AD Sanjoanense-Barreirense
Dia 20, às 16h30, Pavilhão Paulo Pinto
Sub16 masculinos
ADS A/Fepsa-Basquete Barcelos
Dia 20, às 18h30, Pavilhão Paulo Pinto
Veteranos
AD Sanjoanense-Illiabum
Dia 20, às 21h00, Pavilhão Paulo Pinto
Seniores femininos
Maia BC-AD Sanjoanense
Dia 20, às 21h30, Pavilhão Nortecoope
Sub16 femininos
AD Sanjoanense-SCF
Dia 24, às 21h30, Pavilhão Paulo Pinto
Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui