Casa Benfica Viseu, 2 – Dínamo Sanjoanense, 5

Jogo no Pavilhão Desportivo Cidade de Viseu.

Árbitros: José Ferreira e Filipe Almeida.

Casa Benfica Viseu: António Carreira, Patrick Pereira, Ricardo Duarte, Daniel Fernandes, Fábio Lourenço.

Suplentes: Francisco Ribeiro, João Pinto, Pedro Silva, Pedro Carvalho, Tiago Marques, David Matos.

Treinador: Rui Gomes.

Dínamo Sanjoanense: Rui Gonçalves, Emídio Baptista, Francisco Leitão, Xavier Moreira, Pedro Sousa.

Suplentes: Miguel Moreira, Fábio Teixeira, Miguel Pinho, Rui Rodrigues, Válter Batista, Pedro Tomásio.

Treinador: Luís Almeida.

Ao intervalo: 0-2.

Ação disciplinar: Cartão amarelo para António Carreira (27’), Fábio Lourenço (27’), Pedro Silva (33’), Válter Batista (38’).

Marcha do marcador: 0-1 por Válter Batista (5’), 0-2 por Rui Rodrigues (10’), 0-3 por Emídio Baptista (23’), 0-4 por Emídio Baptista (25’), 1-4 por Ricardo Duarte (34’), 1-5 por Válter Batista (34’), 2-5 por Fábio Lourenço (37’).

Depois do empate na jornada anterior, o Dínamo Sanjoanense regressou aos triunfos em fim de semana de aniversário. A comemorar 62 anos de existência, apenas a vitória interessava ao conjunto de S. João da Madeira, e num encontro frente ao último classificado da fase de manutenção os homens de Luís Almeida não tiveram grandes dificuldade para conquistar os três pontos na deslocação a Viseu.

Com uma boa entrada na partida, foram os visitantes que assumiram o comando do marcador, quando aos cinco minutos de jogo Válter Batista finalizava da melhor forma uma jogada de ataque do Dínamo Sanjoanense. Pouco depois Rui Rodrigues ampliava a vantagem (0-2), construindo um resultado que se manteria inalterado até ao período de descanso.

Na segunda parte os homens de S. João da Madeira entraram com a mesma postura e logo nos instantes iniciais dois golos de Emídio Baptista, em apenas dois minutos, davam mais tranquilidade ao conjunto orientado por Luís Almeida, que, pouco depois da meia hora, veria a formação de Viseu reduzir a desvantagem por intermédio de Ricardo Duarte. A resposta do Dínamo foi imediata e surgiu do pé de Válter Batista, que depois de abrir o ativo fechou a contagem para os homens de S. João da Madeira.

A Casa Benfica Viseu, que nunca conseguiu colocar em causa a vitória do conjunto sanjoanense, encerrou a marcha do marcador a três minutos do fim.

Na próxima jornada, agendada para 20 de abril, o Dínamo recebe, pelas 20h00, no Pavilhão das Travessas, a equipa Amigos Abeira Douro.

Resultados da formação:
Juniores
Corão do Lobo, 3 – D. Sanjoanense, 6
Juvenis
Arrifanense, 1 – D. Sanjoanense, 2
Iniciados
D. Sanjoanense, 16 – Monsarros, 0
Infantis
D. Sanjoanense, 8 – Lourosa, 0
Benjamins
D. Sanjoanense, 3 -Novamente, 3
Traquinas
Branca Ativa, 1 – D. Sanjoanense, 4
Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui