FC Pedras Rubras, 1 – AD Sanjoanense, 1

Jogo no Estádio Municipal de Pedras Rubras.

Árbitro: Márcio Torres, auxiliado por Emanuel Rocha e Bruno Rocha (AF Viana do Castelo).

FC Pedras Rubras: Isac Gomes, Ricardo Portilho, João Pedro, Pecks, Thomas Garcia (Hernâni 78’), Nikiema, Artur Taborda, Tiago Cintra (Igor Santos, 65), Gonçalo Pimenta (Pedro Areias 72’), Augusto Neto, Tiago Silva.

Suplentes: Ricardo Ramos, Vítor Andrade, André Viana, Igor Santos, Pedro areias, Hernâni, Dibola Júnior.

Treinador: António Pedro.

AD Sanjoanense: Fábio Santos, Cauê, Ken, Vítor Bastos, Florentino, Coulibaly, Matheus, Rafa (Júlio, 83’), Gazela (Bilu, 60’), Kay Kay e Martin (Ká Semedo, 60’).

Suplentes: Bruno Maia, Castro, Almeida, Rúben, Júlio, Ká Semedo, Bilu.

Treinador: Flávio das Neves.

Ao intervalo: 1-0.

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Coulibaly (23’), Nikiema (45’), Isac Gomes, (82’), João Pedro (84’), Igor Santos (87’ e 88’), Hernâni (90’+2’). Cartão vermelho para Igor Santos (88’), Bilu (90’).

Marcha do marcador: 1-2 por Tiago Silva (25’ gp), 1-1 por Rafa (64’).

A Sanjoanense voltou a perder pontos, desta feita na deslocação a Pedras Rubras, cedendo um empate diante da formação local, e caiu para o quinto lugar na tabela classificativa, ficando mais longe dos lugares de acesso ao play-off de promoção.

Com ambas as equipas em posições bem distintas na tabela classificativa, os alvinegros tinham argumentos para regressarem a casa com os três pontos, mas um Pedras Rubras, que luta por fugir dos lugares de despromoção, complicou o trabalho aos homens de Flávio das Neves, que na primeira parte pouco incomodaram o guardião local.

Com os primeiros 45 minutos controlados em grande parte pelos locais, uma das melhores oportunidades dos visitantes surgiu ainda antes do primeiro quarto de hora, quando numa investida dos alvinegros Kay Kay, a passe de um colega, consegue ganhar terreno, mas já dentro da grande área acaba desarmado por um adversário.

Era do Pedras Rubras que surgia o maior perigo e aos 25 minutos os locais inauguravam o marcador na sequência de uma grande penalidade assinalada após um pontapé de canto. Tiago Silva não desperdiçou a oportunidade para colocar os locais no comando no marcador, que se manteria inalterado até ao intervalo.

Na segunda parte a Sanjoanense precisava de responder e os visitantes estiveram melhor e logo aos seis minutos podiam ter chegado à igualdade, com Martin a superiorizar-se à defensiva local, mas o remate, já em desequilíbrio, foi travado pela excelente intervenção de Isac.

Com os alvinegros mais pressionantes, a entrada de Bilu e Ká Semedo em simultâneo deu mais dinâmica aos visitantes, que acabariam por chegar à igualdade poucos minutos depois por intermédio de Rafa, que respondeu da melhor forma a um cruzamento de Cauê com um cabeceamento para o fundo das redes.

Com o jogo relançado e na luta pelos três pontos, a Sanjoanense ganhou confiança e aumentou a pressão, mas o encontro acabaria por terminar sem mais alterações no marcador e com as duas formações reduzidas a 10 elementos, depois das expulsões de Igor Santos e Bilu, já nos últimos minutos da partida.

A próxima jornada, agendada para sábado, foi adiada para 1 de maio, às 16h00, pelo que o próximo jogo dos alvinegros realiza-se a 28 de abril, com a receção ao Gondomar, atual segundo classificado.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui