AD Sanjoanense, 61 – Barreirense, 72

Árbitros: Luís Lopes e Jorge Marques.

Jogo no Pavilhão Paulo Pinto, em S. João da Madeira.

AD Sanjoanense: Jerry Karczewski (8), Hélder Gomes, Sílvio Rodrigues (10), Eduardo Guimarães (2), Simão Pinheiro, André Dara (10), Miguel Reis (1), Pedro Azevedo (24), José Teixeira e Sergi Coll.

Treinador: Sérgio Salvador.

Barreirense: Diogo Peixe (5), João Cardoso, Tiago Peixe, Fuquan Niles (13), Alexandre Coelho (6), Carlos Sicó, Tiago Raimundo (11), Khaleal Cormick (14), André Mendes (12), Gonçalo Pais (9) e André Amado (2).

Treinador: João Cardoso.

Ao intervalo: 26-38.

Parciais: 14-16; 12-22; 12-11; 23-23.

Foi perante muito público que a Sanjoanense recebeu o Barreirense, líder da classificação e com a subida à divisão maior do basquetebol nacional já garantida, em jogo a contar para a penúltima jornada da segunda fase da Proliga.

A formação visitante entrou muito bem na partida. Mais rápido e com maiores soluções ofensivas, o Barreirense foi-se destacando no marcador, chegando ao fim do primeiro quarto a vencer por 16-14. No segundo período, a equipa comandada por Sérgio Salvador continuou algo apática, sobretudo no ataque, com pouca circulação de bola e extremas dificuldades no jogo interior (justificado pela ausência de Sergi Coll, a recuperar de uma lesão), onde Fuquan Niles e Tiago Raimundo tinham vantagem de estatura, tendo dominado completamente as tabelas e limitado as ações dos jogadores interiores da Sanjoanense. Ao intervalo os visitantes venciam por 12 pontos de vantagem.

Na segunda parte os alvinegros tentaram encontrar soluções para equilibrar a partida e, de certa forma, conseguiu-o, mas falhou a aproximação no marcador, nunca tendo baixado de uma desvantagem de sete pontos. Ainda assim, viu-se uma equipa aguerrida, intensa, a limitar as ações ofensivas do adversário e com maior velocidade de circulação de bola no ataque até encontrar uma boa situação de lançamento. No entanto, não foi uma tarde particularmente inspirada dos seus atiradores (concretizaram seis lançamentos triplos em 31 tentados o que dá uma eficácia de 19%, muito abaixo do que têm conseguido até aqui na Proliga). Assim sendo, o jogo terminou com uma vantagem de 11 pontos para o Barreirense, justo vencedor e que realizou uma boa partida, justificando o estatuto de melhor equipa da Proliga nesta época.

Na análise estatística da partida realce para a vantagem ao nível dos ressaltos (50-38) para o Barreirense. O melhor marcador do jogo foi, mais uma vez, Pedro Azevedo, autor de 24 pontos (75% de eficácia em lançamentos de dois pontos e 100% em lances livres), e que se despediu do basquetebol neste jogo, onde demonstrou todas as qualidades que foram marcando a sua notável carreira.

O próximo jogo será no dia 27 de abril, às 15h00, com a Sanjoanense a deslocar-se a Lisboa para defrontar o Academia do Lumiar.

Agenda

Sub16 femininos
AD Sanjoanense-SCF
Dia 24, às 21h30, Pavilhão Paulo Pinto
Sub14 masculinos
ADS A/Alpim XXI-Galitos A
Dia 25, às 09h15, Pavilhão Paulo Pinto
Sub14 masculinos
AD Sanjoanense B-AD Vagos
Dia 25, às 11h15, Pavilhão Paulo Pinto
Sub14 femininos
Beira Mar-ADS/Farmácia Lamar
Dia 25, às 14h30, EB 2,3 João Afonso
Seniores masculinos
Academia Lumiar-AD Sanjoanense
Dia 27, às 15h00, Esc. sec. Lumiar
Sub16 masculinos
GDB Leça-ADS A/Fepsa
Dia 27, às 16h30, Leça Palmeira
Sub16 femininos
AD Sanjoanense-SCC A
Dia 27, às 16h30, Pavilhão Paulo Pinto
Seniores femininos
AD Sanjoanense-Salesianos
Dia 27, às 18h30, Pavilhão Paulo Pinto
Sub19 femininos
Maia Basket-ADS/Rent Piano
Dia 28, às 11h00, Pavilhão Nortecoope
Sub14 femininos
ADS/Farmácia Lamar-Gumirães
Dia 28, às 14h30, Pavilhão Paulo Pinto
Sub14 masculinos
GDB Leça-ADS A/Alpim XXI
Dia 28, às 15h00, Leça Palmeira
Sub18 masculinos
AD Sanjoanense-FC Gaia
Dia 28, às 16h30, Pavilhão Paulo Pinto
Sub16 masculinos
AD Sanjoanense-CP Esgueira
Dia 28, às 18h30, Pavilhão Paulo Pinto
Veteranos
Galitos-AD Sanjoanense
Dia 28, às 18h30
Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui