Assaltantes levaram uma quantia considerável de dinheiro

O Cartório Paroquial de S. João da Madeira foi assaltado de 23 para 24 de abril.

O Padre Álvaro Rocha deu conta do sucedido quando chegou no dia 24 de abril, pelas 9h00, para ir trabalhar para o escritório.

Os assaltantes levaram “algum dinheiro resultante dos peditórios dos dois dias anteriores e do apuro do caixa e algumas ofertas, documentos vários, alguns pessoais”, confirmou o Padre Álvaro Rocha sem conseguir precisar a quantia de dinheiro levada ao labor.

“O aspeto do meu escritório era de uma completa lixeira de papel, com pastas e papéis virados, os computadores fora do seu lugar, portas partidas, bar assaltado com vidros partidos, armários das salas de catequese estroncados…”, descreveu o pároco sobre aquele que foi o rasto deixado pelos assaltantes no cartório paroquial.

A PSP de S. João da Madeira esteve no local e registou a ocorrência que resultou no “furto de uma quantia monetária considerável” na ordem de “alguns milhares de euros” e está “em sede de inquérito”, adiantou o comissário Hélder Andrade ao labor.

Após as ocorrências do mesmo género na Capela e no patronato de Casaldelo, o assalto à caixa das esmolas da Igreja Matriz e à Capela do Parrinho e a vandalização do presépio da paróquia em 2018, o cartório paroquial

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here