Foi com uma viagem que o XX Sarau Gimnodesportivo, promovido pelo Agrupamento de Escolas Oliveira Júnior (AEOJ), convidou, no passado dia 10 de maio, o público presente a visitar os vários continentes. Com o tema “Volta ao Mundo”, a organização do evento sublinha que as várias atuações permitiram “que cerca de 3.000 ‘passageiros’ entrassem numa viagem de médio curso”. E foram cerca de 800 alunos, dos quais 750 fazem parte do agrupamento, sendo que os restantes pertenciam a dois grupos convidados, o CJPII Rope Skipping Team, de Braga, e o LX Skippers – Lisbon Skippers Rope Skipping, de Lisboa, que conduziram o público presente nesta viagem intercontinental. “Foram duas horas e meia de prazer e conforto, onde se pretendeu oferecer aos passageiros uma viagem à volta do mundo com o objetivo de dar a conhecer as cores, as músicas e culturas dos vários países”, explica Teresa Almeida, uma das docentes responsável pela organização do evento. “Esta necessidade de viajar ganhou força, cresceu, tomou forma e, num segundo, a decisão estava tomada pela Comissão Organizadora. Viajar! O planeamento para uma viagem desta grandeza foi uma das melhores fases, pois nele tudo foi possível. Os lugares foram distantes, pouco acessíveis e os percursos sinuosos, porém levaram-nos a todos os lugares do mundo. Vivemos embebidos em sonhos. Quem nunca sonhou ir à China, à África, Perú ou Botswana? E à Rússia, Cuba, Hawai, Itália ou Estados Unidos, entre outros? Foram estes sonhos que nos inspiraram a retratar os diversos países, através da utilização das coreografias adaptadas de acordo com as características específicas de cada um deles”, conta.

Créditos: Nuno Santos Ferreira

Os professores, que encararam o papel de “comandantes e hospedeiras”, proporcionando uma “volta ao mundo inesquecível”, segundo a organização, foram, juntamente com toda a comunidade escolar, também parte preponderante para o sucesso do evento. “Sem a colaboração de todos isto não teria sido possível”, sublinha a doecente, garantindo que “todas as metas foram alcançadas”. “Para além da tripulação do AEOJ ter adquirido uma experiência enriquecedora, todos os passageiros chegaram aos seus destinos, com segurança”, concluiu.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui