AD Sanjoanense, 4 – Lusitano FC, 1

Jogo no Estádio Conde Dias Garcia.

Árbitro: Joel Vale, auxiliado por Jorge Ribeiro e Ricardo Ferreira (AF Braga).

AD Sanjoanense: Fábio Santos (Bruno Maia, 81’), Florentino, Ken, Rúben, Cauê, Coulibaly, Matheus, Júlio (Almeida, 76’), Ká Semedo (Caleb, 58’), Bilú, Gazela.

Suplentes: Bruno Maia, Vítor Bastos, Almeida, Rafa, Caleb, Castro.

Treinador: Flávio das Neves.

Lusitano FC: Sea, Calico, Tiago Gonçalves, Abuchi, Hélder (Paulo, 70’), Barros (Braz, int), Nuno, Afaiate, Kiko, Márcio Rocha, Murilo (Mauro, int).

Suplentes: Ruca, Paulo, Petrocelli, Braz, Mauro, Leal, Assane.

Treinador: Rogério Sousa.

Ao intervalo: 2-0.

Marcha do marcador: 1-0 por Matheus (22’), 2-0 por Ká Semedo (24’), 2-1 por Mauro (61’), 3-1 por Caleb (70’), 4-1 por Caleb (91’).

Depois de cinco jogos sem vencer, com três derrotas consecutivas nas últimas jornadas, a Sanjoanense encerrou o campeonato com uma goleada por 4-1 na receção ao Lusitano de Vildemoinhos.

Procurando reagir aos desaires dos últimos encontros, os alvinegros apresentaram um futebol bastante eficaz, mas foi a formação do concelho de Viseu que entrou no jogo dando indícios de querer assumir o comando da partida. E as primeiras situações de perigo pertenceram mesmo aos visitantes, que aos sete minutos chegaram com perigo à baliza alvinegra, mas Hélder não chegou a tempo para o desvio de um cruzamento. A Sanjoanense começava a impor o seu futebol, mas foi o Lusitano que voltou a estar mais perto do golo quando à passagem dos 20 minutos Hélder desembaraçou-se da pressão local e serviu Nuno, que rematou à figura de Fábio Santos.

A resposta dos locais foi imediata. Ká Semedo, a passe de Bilu, tirou um adversário da frente, cruzou para a área onde surgiu Matheus que, de cabeça, desviou para o fundo das redes. Com o golo a Sanjoanense cresceu mais e dois minutos depois chegava ao segundo, mais uma vez com Ká Semedo na jogada, mas desta vez a finalizar o passe de Florentino.

Com os alvinegros a tomarem conta da partida, a Sanjoanense podia ter chegado ao terceiro pouco depois, num lance de contra-ataque pelo corredor direito, com Bilu praticamente isolado, mas o guardião visitante antecipou-se e travou o remate do homem da casa.

Já em cima do intervalo o Lusitano podia ter reduzido, mas Murilo não chegou a tempo para o desvio do cruzamento de Hélder.

Na segunda parte a Sanjoanense entrou a pressionar e logo nos minutos iniciais Matheus, com um forte remate, obriga Sea a uma defesa apertada, mas seria a formação de Vildemoinhos a chegar ao golo por intermédio de Mauro, com um pontapé sem hipótese de defesa para Fábio Santos.

Os alvinegros não tremeram com o golo dos visitantes e seria Caleb a confirmar a goleada, bisando na partida. Se os 70 minutos o ganês rematou de primeira, à entrada da área, para o terceiro da Sanjoanense, aos 91 ultrapassou o guardião visitante e conseguiu fazer o quarto, ainda que dois homens do Lusitano tentassem evitar o golo em cima da linha.

De referir que este encontro terminou com Bruno Maia na baliza alvinegra, substituindo Fábio Santos nos últimos minutos do jogo, após um choque com dois atletas adversários que obrigou o guardião a abandonar as quatro linhas.

Com este triunfo a Sanjoanense encerrou a época com uma vitória que lhe permitiu subir à sexta posição.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui