Esta quinta-feira, pelas 21h30, com sessão solene na Casa da Criatividade

Há 35 anos, no dia 16 de maio de 1984, era aprovada pela Assembleia da República a elevação de S. João da Madeira (SJM) à categoria de cidade. A data é assinalada hoje, quinta-feira, às 21h30, na Casa da Criatividade, numa sessão solene promovida pela câmara municipal (CM).

Este ano, a convite do presidente da autarquia, Jorge Sequeira, o comissário das comemorações do Dia da Cidade é o ilustre médico sanjoanense Flores Santos Leite, que assim sucede a outra figura de referência de SJM, o advogado e escritor Pereira da Costa, que desempenhou a mesma função em 2018.

Flores Santos Leite vai ser um dos oradores da cerimónia, assim como o líder do Município. O programa inclui ainda atuações da Banda de Música e da Academia de Música de S. João da Madeira, assim como da Associação de Promoção da Juventude (APROJ), conforme informa a CM através de nota de imprensa remetida ao labor.

Referências ao passado, presente e futuro de S. João da Madeira vão marcar este aniversário da cidade, uma urbe “pequena em território, mas grande em valor”, conforme destaca o autarca, no comunicado recebido pelo nosso jornal, aludindo, igualmente, ao facto de o concelho sanjoanense ser, em termos geográficos, o mais pequeno do país, mas também um dos mais dinâmicos a nível económico e com maior qualidade de vida.

O segredo desse progresso, sentido em diferentes áreas da vida de SJM, está, em grande medida, no espírito empreendedor dos sanjoanenses, que se traduz “numa enorme vontade de superação e de estar sempre na linha da frente”, como salienta Jorge Sequeira.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui