Atenta e perseverante, a Comissão Organizadora das Comemorações Populares do 25 de Abril em S. João da Madeira lembrou, uma vez mais, “a Revolução do Povo Português”, “uma luta constante e universal, anterior e posterior a abril de 74, sempre em curso”. E, nesse sentido, levou a cabo, precisamente por altura do 25 de Abril, “uma celebração popular e coletiva, sem protagonismos a não ser o de todos nós nos envolvermos e praticarmos a habilidade cultural de estarmos juntos: as associações locais, os sindicatos, a autarquia”, refere a dita comissão em nota informativa enviada ao labor, acrescentando que até das freguesias vizinhas de Romariz e Milheirós de Poiares “vieram participantes sem qualquer representação ou bairrismo autárquico”.

Através do comunicado, adianta ainda que em 2020 voltará a comemorar a data e chama à atenção para que “a Revolução não parou”. “Só parará parará quando apenas lembrarmos a data, ornamentada pelos ícones”, esclareceu.

DR

 

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui