“Choveu? Não Reparei.” é o nome do primeiro LP do projeto Sardinha Também é Peixe a que André Barbosa dá voz… e alma

 Passados dois anos desde o lançamento do EP “Eh!”, STéP I Sardinha Também é Peixe está aí em força com um novo trabalho intitulado “Choveu? Não Reparei.”.

Trata-se de “um trilho de sensações, em que cada música representa uma ou o confronto com uma. São 11 faixas, 11 sensações”, disse em exclusivo ao labor André Barbosa referindo-se ao primeiro LP do STéP lançado este último domingo, dia 12 de maio. “Choveu? Não Reparei.” pode ser ouvido nas plataformas de streaming, como Soundcloud e Spotify, e comprado no iTunes, Apple Music e Deezer em formato digital, ou em formato físico através da página de Facebook, informou o jovem músico natural de S. João da Madeira, acrescentando que em abril passado já “houve uma apresentação das novas músicas no Mercado Bom Sucesso”, no Porto, e que agora no próximo dia 21 vai estar no programa ‘Alô Ricardo’, do Porto Canal, também na “Invicta”.

Formado em Biologia pela Universidade de Coimbra, André Barbosa passou pela Associação Desportiva Sanjoanense, onde jogou basquetebol, pelo grupo de teatro ‘Lua Nova’ e pela secção de fado da Associação Académica de Coimbra, escreveu e desenhou a tira quinzenal de BD ‘To-Sé’ e, mais recentemente, integrou o Júri Jovem do Fantasporto em 2016. Neste momento, dedica-se “exclusivamente à música e à escrita”.

Trabalha como freelancerem captação e edição de vídeo, sendo que no início deste mês foi publicado o seu primeiro conto de terror na revista BANG!, das edições Saída de Emergência.

Percurso do STéP “tem sido lento, longo e espaçado, mas sempre recheado”

Ao nosso jornal, a voz e a alma do projeto iniciado em 2014 “nos confins remotos dum quarto universitário” e “assente nos pilares do blues e do pop/rock” – leia-se STéP I Sardinha Também é Peixe – afirmou não se sentir “confortável com a autoatribuição de um epíteto artístico”. “Considero que virá com o tempo e que ficará ao encargo do público”, referiu.

Atualmente, STéP mantém o formato original acústico e a solo em pequenos bares, assumindo, no entanto, o formato banda em palcos que assim o exijam. O seu percurso “tem sido lento, longo e espaçado, mas sempre recheado”. Prova disso é o “nascimento” do LP “Choveu? Não Reparei.”

Faixas do “Choveu? Não Reparei.”

  1. Quetulu 
  2. 99
  3. Aquavit
  4. A Fugida
  5. Doppler
  6. Semiótica
  7. Cólica
  8. Onanismo
  9. Pareidolia
  10. Valetudinário
  11. Cascata de Coelhos 
Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui