Oração (rogos de vencido)

Poema

0
18

Avé Deus que a nós presides

em tudo que em nós criastes

No bom sentido julgamos…

E se em tudo tu resides

De certo no fogo andastes

De um inferno este em que andamos.

Tudo foi incinerado

Nas fauces cruéis das chamas

De um inferno algo dantesco

 

Restando um pó amaldiçoado

Em que tu próprio clamas

Ser o holocausto grotesco

Dizes tu que há o fogo eterno

P´ra quem virtudes não tem

E o calor aquece as almas

Nunca julgamos que o inferno

Fosse castigo para quem

Merecesse essas tais palmas

 

O mal quando vem é veloz

Nas asas do vento voa

Tudo reduz a pó e nada

Mas senhor tu entre nós

A tua bondade nos soa

A trovão de bofetada

Que fazer e que dizer

Qual o tipo de oração

A erguer pelos pecados?

Que forma essa de se querer

Haver justiça divina

Malditos abençoados

Mais vale então não nascer

Mas sim não passar de fumo

Ou poeira entre as estrelas

Ou almas sem corpo haver

Apenas sem qualquer rumo

Sozinhos a sós com elas

Arquivo Labor                        Flores Santos Leite

 

 

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui