Foi com 182 votos que a Lista A, liderada por Luís Vargas, venceu, no passado dia 31 de maio, as eleições para os Órgãos Sociais da Associação Desportiva Sanjoanense. Com este resultado, o dirigente, que está à frente dos destinos do clube desde 2011, foi reeleito para o quinto mandato consecutivo.

Este foi um ato eleitoral histórico para o clube alvinegro que, para além de ter contado, pela primeira vez, com duas listas a votação, teve também a maior afluência de sempre às urnas, com 307 associados a exercerem o seu direito de voto, dos quais 182 votaram na Lista A e 123 na Lista B, encabeçada por Manuel Correia. Registou-se ainda um voto nulo e outro em branco.

No mesmo dia, e já depois de serem conhecidos os resultados, Luís Vargas referia que se tratava de uma “vitória histórica dos sócios”, que “compareceram em massa para esta votação”. “Nunca, em tempo algum, a Sanjoanense teve esta votação, alcançando o número de 307 votantes. Também nunca, nos seus 95 anos de história, teve duas listas a concurso”, explicou o dirigente, enaltecendo o trabalho desenvolvido pela lista concorrente, sublinhando que a mesma “conseguiu transmitir a sua mensagem aos sócios”.

Admitindo que a Lista A partiu para a corrida eleitoral “com um pouco de atraso”, Luís Vargas destaca, no entanto, a vitória com “cerca de 60% dos votos”. “Demonstra que os sócios acreditam no nosso projeto, no orgulho que temos no passado recente, na estabilidade do clube e, essencialmente, no que temos para projetar o futuro”, referiu o dirigente na sua primeira intervenção depois de reeleito. “A partir deste momento só há um clube, a Associação Desportiva Sanjoanense”, concluiu Luís Vargas.

Já o candidato derrotado, Manuel Correia, optou pelas redes sociais para reagir ao resultado, garantindo que “respeita a decisão dos sócios”, sublinhando, no entanto, que se trata de “um bom resultado quando se enfrente um adversário instalado”. “A nossa candidatura liderou uma ideia diferente, mais alargada, mais transparente e mais cívica. Achamos que, de agora em diante, a lista vencedora sabe que a sua ação será observada”, escreveu Manuel Correia, que considera que a lista que encabeçava “deu um bom contributo à Sanjoanense a vários níveis”, tais como: “visibilidade, valores recuperados em quotas, discussão sobre a ADS e interesse dos sócios”.

Numa reação curta, Manuel Correia termina garantindo estar “honrado” por ter estado “envolvido” neste ato eleitoral histórico para o clube alvinegro.

Órgãos Sociais para o biénio 2019-2021
Mesa da Assembleia Geral:
Presidente: Luís Miguel Santos Ferreira
Vice-presidente: Ilídio Moreira Leite
Secretário: Armando Soares da Cunha
Secretário: Pedro da Costa Pardal
Direção:
Presidente: Luís José Espinho Vargas Cruz
Vice-presidente: Luís Manuel Ferreira da Silva
Vice-presidente: José Pedro dos Santos Silva
Vice-presidente: Manuel António Soares Oliveira
Vice-presidente: José Carlos Abreu Antunes
Diretor: Urgel Ricardo Brandão Horta Martins
Diretor: Rui Joaquim da Silva Ferreira
Diretor: Pedro Mário Costa Reis
Diretor: Paulo Jorge Oliveira Soares
Diretor: Hugo Fernando Silva Guerra
Diretor: Pedro Miguel Assunção Santos
Diretor: Jorge Manuel Branco
Diretor: Dina Maria Encarnação Silvério
Diretor: João Carlos Rodrigues Almeida
Diretor: Arminda Susana Castro Pinho
Conselho Fiscal:
Presidente: João Rodrigo Pinho de Almeida
Vice-presidente: Nuno Rodrigo Martins Pinho
Relator: José Manuel Arede Santos Fernandes
Suplente: José Ricardo Antunes Lima
Suplente: José Augusto Oliveira Alves
Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui