A câmara não só está contra a transferência de competências do Estado para a Área Metropolitana do Porto (AMP), em matéria de educação, saúde e transportes, como também deliberou, no passado dia 11, submeter à apreciação da Assembleia Municipal de S. João da Madeira a “não concessão de acordo favorável” à dita transferência.

De acordo com a proposta apresentada pelo presidente Jorge Sequeira, que mereceu aprovação unânime do executivo, a AMP “não reúne, no presente momento, as condições necessárias para exercer capazmente, nos anos de 2019 e 2020, as competências previstas na lei-quadro da transferência” das referidas competências.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui