O projeto “Murais com História” está inseridono Circuito de Arte Urbana com o tema “S. João da Madeira, Cidade dos Chapéus” lançado no âmbito do Festival do Chapéu pelo Município e com curadoria do Canal 180 em 2018.

Depois do primeiro mural assinado por Mariana, a Miserável, junto Museu da Chapelaria no ano passado, e dos murais de Andrés Lozano e André da Loba inaugurados este ano na Cooperativa 11 de Outubro e no Bairro do Orreiro, respetivamente, chegou um novo mural assinado por Tara Deacon na sexta-feira passada, dia 28 de junho, à Devesa Velha.

Ao presidente da câmara, Jorge Sequeira, coube a primeira intervenção durante a inauguração deste novo “Mural com História”. “Produzimos em toda a cidade estas obras que representam a nossa história” e esta em particular tem “muitos chapéus” que foram “fundamentais na história de S. João da Madeira”, afirmou Jorge Sequeira, relembrando que a cidade chegou a ter cerca de 200 empresas de pequena, média e grande dimensão dedicadas ao fabrico de chapéus para todo o mundo.

Esta indústria outrora “muito importante para o desenvolvimento da economia” de S. João da Madeira “caiu em desuso”, levando a que a “capacidade empreendedora” dos sanjoanenses apostasse numa outra área, a do calçado, que ainda hoje tem uma enorme expressão no Município, constatou Jorge Sequeira, dando como exemplo as empresas, a Academia de Design de Calçado, o Centro Tecnológico de Calçado de Portugal, o Museu da Chapelaria e até um Museu do Calçado.

João da Madeira é “um concelho que celebra a sua história individual e aproveita o melhor do passado para o presente e para o futuro”, destacou o autarca, deixando uma palavra de agradecimento aos proprietários da casa que autorizaram o uso do seu muro para dar vida a mais um “Mural com História” e a todos os moradores que contribuíram com sugestões e que acolheram de uma forma muito atenciosa a artista que é da África do Sul, mas vive na Alemanha. E por esta mesma razão, Tara Deacon ficou “a adorar as pessoas” da Devesa Velha e de S. João da Madeira, revelou Jorge Sequeira.

Sobre o novo mural, o autarca reforçou a ideia de que “valoriza e dá mais alegria, cor e vida a esta zona da cidade”.

Para além disso, Jorge Sequeira anunciou a instalação de um “Banco de Lápis” junto aquele local e a pintura de passadeiras na Devesa Velha para uma maior segurança dos peões. “Não conseguimos fazer tudo ao mesmo tempo, mas aos poucos vamos melhorar este local e a cidade”, assegurou o presidente da câmara.

“Uma séria ligação com as pessoas”

Até chegar a S. João da Madeira Tara Deacon não falava nem sabia muitas palavras em português, mas nos últimos dois dias e meio em que esteve a trabalhar no mural ouviu por várias vezes a palavra portuguesa “chapéus” que “provavelmente significava ´Hat´s´”, o que “neste contexto é uma boa coisa”. A artista ficou a saber uma parte da história dos chapéus na cidade, das pessoas que trabalharam na antiga empresa de chapelaria e do Museu da Chapelaria, entendendo assim “o sentido de comunidade e o legado do chapéu em S. João da Madeira”. Aliás, o sentido de comunidade existente na Devesa Velha permitiu a Tara Deacon criar “uma séria ligação com as pessoas”, revelou a própria, aproveitando para deixar um agradecimento aos donos do café sito em frente ao mural por toda a atenção que tiveram para com ela e ao jovem Afonso que a ajudou a pintar o mural.

Por sua vez, Luís Fernandes em nome do Canal 180, tomou a palavra para “agradecer a todos pelo sentido de comunidade, sem o qual este tipo de projetos não podia acontecer”. Já o jovem Afonso disse timidamente um “obrigado a toda a gente”.

A inauguração do mural de Tara Deacon começou e terminou com a atuação da Banda de Música de S. João da Madeira.

 

Novo mural inaugurado na Praça dia 19

O Circuito de Arte Urbana continua com a inauguração de um novo “Mural com História” do artista italiano Jonathan Calugi marcada para o dia 19 de julho, pelas 20h00, na Rua Padre António Oliveira, na Praça Luís Ribeiro.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui