Com o espetáculo “Fado Mimado”, de acesso livre, no Parque dos Milagres

 

Pelo segundo ano consecutivo, a Casa da Criatividade leva espetáculos para fora de portas numa iniciativa camarária que pretende assinalar a transição da primeira para a segunda temporada da programação de 2019, conforme o labor noticiou em edições anteriores. “Casa na Rua” é o nome atribuído a este ciclo cultural cuja apresentação é ao ar livre e conta com entrada gratuita, conforme avança a autarquia em nota de imprensa remetida ao nosso jornal.

E por falar em ciclo cultural, o primeiro dos dois espetáculos previstos para este ano é “Fado Mimado”, a nova criação d’ Orfeu AC desenvolvida por Patrícia Lestre e Zé Pedro Ramos, uma cantora e um palhaço juntos na mesma arena.

Este “extraordinário e feliz encontro entre música e teatro” tem lugar no Parque da Nossa Senhora dos Milagres, junto ao lago, no próximo sábado, pelas 21h30. Patrícia Lestre, natural de S. João da Madeira (SJM), “é linda e sedutora”. Já Zé Pedro Ramos é “um azarado, mal-amado, desgraçado ou, talvez, abençoado”, sendo que em “Fado Mimado” “canta-se o destino do menino até ser um belo rapaz”.

Dança entre paredes, janelas e cubos de elevada dimensão na Praça

Volvido aproximadamente um mês, a 31 de agosto, pelas 21h30, a “Casa” volta a sair à rua, desta vez, com “Kadok”, um momento de dança protagonizado pela Companhia Oliveira & Bachtler.

Em SJM, mais concretamente na Praça Luís Ribeiro, esta companhia vai criar uma atmosfera de surrealismo, futurismo e abstracionismo, através de um cenário de paredes, janelas e cubos de elevada dimensão, e uma dança que desenha e revela quartos, cidades, labirintos e situações do universo interior dos artistas e da sua relação com o mundo.

 

“Amigos das Danças” nos Paços

O projeto “Somos Nós”, que teve início também no ano passado pela mão do atual executivo municipal, está de volta aos Paços da Cultura no próximo dia 28 de julho, pelas 17h00, com os “Amigos das Danças”.

A ideia de transformar o palco dos Paços no lugar de expressão artística da comunidade, no último domingo de cada mês, mantém-se, dando a oportunidade às associações e instituições locais de apresentar o que de melhor fazem. A entrada é livre, mas limitada aos lugares disponíveis, pelo que os interessados devem reservar o seu bilhete nos Paços da Cultura ou no Turismo Industrial (Torre da Oliva).

 

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui