Susana Lamas fica de fora depois de ter sido candidata em nono lugar nas legislativas de 2015

 

O Conselho Nacional do PSD esteve reunido esta terça-feira à noite em Guimarães para aprovar as listas de candidatos a deputados à Assembleia da República e o programa do partido para as eleições legislativas marcadas para o dia 6 de outubro.

As escolhas do PSD foram aprovadas com 18 votos contra, 10 abstenções e 80 a favor.

A lista do partido pelo círculo eleitoral de Aveiro é encabeçada por Ana Miguel Santos, seguida de António Topa, Vítor Martins, Helga Correia, Bruno Coimbra, André Neves, Carla Madureira, Rui Cruz, Rui Gomes,Liliana Vieira, Ângelo Soares, Jorge São José,Paula Coutinho, Laura Pires, Augusto Rochae João Carvalho. Diana Alves, Vera Marques, José Augusto Matos, Camila Amaral e José Santos são os candidatos suplentes que fecham a lista.

O único sanjoanense da lista é André Neves, ficando de fora Susana Lamas, presidente do PSD de S. João da Madeira e deputada eleita pelo círculo de Aveiro nas últimas eleições legislativas. Relembramos que Susana Lamas ocupou o nono lugar da lista de candidatos a deputados por Aveiro em 2015.

Para André Neves “é uma grande honra fazer parte da lista de candidatos a deputados por Aveiro”. “Caso seja eleito, tudo farei para honrar a confiança da comunidade e dos cidadãos no projeto do PSD” e “estarei sempre disponível para servir o distrito, o país e em especial a minha cidade, S. João da Madeira”, declarou o sanjoanense ao labor.

 

Salvador Malheiro acusado de construir lista “num exercício de secretismo”

“Todos aqueles que acompanham o meu percurso político e que me conhecem percebem claramente porque não faço parte da lista de deputados do presidente da distrital de Aveiro, Salvador Malheiro”, começou por dizer Susana Lamas depois de ter sido contactada pelo labor.

Na opinião da líder PSD local, “Salvador Malheiro num exercício de secretismo, escolheu os elementos da lista de candidatos a deputados à Assembleia da República como se estivesse a elaborar a lista de candidatos à Comissão Política Distrital”. Por isso, “lamento muito que os critérios subjacentes à elaboração da lista não tenham sido aqueles que foram aprovados em Comissão Política Nacional e Assembleia Distrital”.

“O PSD de S. João da Madeira está empenhado e determinado em vencer as eleições legislativas” e “é nisto que, enquanto presidente da concelhia, estou concentrada, bem como a minha equipa”, concluiu Susana Lamas ao labor.

 

 

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui