De 5 a 7 e de 12 a 14 de julho a Torre da Oliva, foi o palco escolhido pela Federação Portuguesa de Artes Marciais Chinesas (FPAMC) para acolher uma ação de formação específica de treinadores de Grau I na modalidade Wushu/Kung Fu. Ao todo, foram 17 formandos de proveniências geográficas variadas entre Lisboa e Póvoa do Varzim, acompanhados por formadores nacionais e três professores chineses convidados, oriundos do departamento de Wushu da Universidade de Xangai, que completaram 40 horas de formação específica em Wushu/Kung Fu.

De recordar, no entanto, que nos dias 15 e 16 de junho a FPAMC já havia trazido para S. João da Madeira uma outra ação de formação, que na altura decorreu na Oliva Creative Factory, dirigida a árbitros de Artes Marciais Chinesas nas disciplinas de Qing Da, Tui Shou e Wushu/Kung Fu. Iniciativa que, tal como estra última, foi apoiada pela Shàolín Si e pela autarquia sanjoanense, e contou com a presença de diversos formandos oriundos de localidades entre Lisboa e Viana do Castelo.

Estas iniciativas decorrem no âmbito de um projeto de desenvolvimento nacional de Centros de Formação nas áreas da formação de treinadores, árbitros e seleções nacionais. Um dos objetivos é a formação de técnicos que supram as necessidades locais, ou regionais, permitindo uma maior dinâmica desportiva federativa.

Créditos: Direitos Reservados
Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui