O Agrupamento de Escolas João da Silva Correia vai ter 1906 alunos neste ano letivo 2019/2020.

A saber 173 na EB1/JI Casaldelo, 143 na EB1/JI Fontaínhas, 164 na EB1/JI Carquejido, 132 na EB1/JI Conde Dias Garcia, 120 na EB1/JI Parrinho, 284 no 2ºCEB, 222 no 3º CEB e 64 no Profissional na Escola EB2,3; 209 no 3º CEB, 360 no Secundário e 35 no Profissional na escola sede.

“Em termos de novidades, temos o arranque do curso de Técnico de Informática- Sistemas”, divulgou António Mota Garcia, diretor do Agrupamento de Escolas João da Silva Correia, ao labor.

Para além disso, no que toca a projetos, “salientamos o aumento de projetos no âmbito do programa Erasmus quer para docentes quer para alunos”, “congratulamo-nos com o 1º prémio Ibero-Americano, a nível nacional, no Concurso Óscar Arnulfo Romero 2019, com um projeto no âmbito dos Direitos Humanos” e “continuamos a privilegiar a participação em concursos e projetos no âmbito das ciências, numa perspetiva de construção de cidadania ativa dos nossos alunos”, acrescentou Mota Garcia, adiantando que “neste ano letivo, e tal como é nosso apanágio, os nossos objetivos centram-se,  na melhoria e na qualidade do sucesso educativo dos nossos alunos”.

“Não obtivemos ainda respostada tutela sobre a intervenção que a EB 2,3 necessita”

DR

Na conversa que o labor teve com Mota Garcia para o Suplemento de Educação do ano letivo 2018/2019, um dos temas abordados foi a necessidade de uma intervenção na EB2,3.

Passado cerca de um ano, “lamentavelmente, e apesar dos esforços continuados, não obtivemos ainda resposta da parte da tutela sobre a intervenção que a escola EB 2,3 necessita”, afirmou o diretor deste agrupamento de escolas. “Apesar disso, temos vindo a realizar pequenos melhoramentos, com a ajuda da Associação de Pais e dentro do que o nosso orçamento permite”, assumiu Mota Garcia ao labor.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui