O Agrupamento de Escolas Oliveira Júnior vai ter 1757 alunos no ano letivo 2019/2020. A saber, 37 no JI da Devesa Velha, 45 no JI das Travessas, 45 no pré-escolar e 180 no 1º ciclo da escola dos Ribeiros, 146 na escola do Espadanal e 1304 na escola sede.

O projeto educativo do agrupamento Oliveira Júnior tem três grandes objetivos: “melhorar o sucesso educativo”, “promover um bom ambiente relacional” e “incentivar à cooperação entre docentes”, deu a conhecer o diretor Mário Coelho ao labor.

As metas estabelecidas para melhorar o sucesso educativo são aproximar a 0% a taxa de retenção no ensino básico (1.º, 2.º e 3.º CEB); manter acima de 70% o número de alunos com aproveitamento a todas as disciplinas; obter resultados superiores às médias dos exames/provas nacionais; e manter acima de 7% o número de alunos no quadro de excelência e de valor.

Para promover um bom ambiente relacional, o agrupamento Oliveira Júnior pretende integrar equitativamente todos os alunos no contexto escolar; disseminar práticas de cidadania no seio da comunidade educativa, aumentar a supervisão comportamental e diminuir o número de ocorrências disciplinares. Já o incentivo à cooperação entre docentes vai ser feito com o aumento do número de aulas partilhadas e/ou observadas por pares e o aumento da partilha e articulação pedagógica.

“Para superar estas metas, elaboramos, anualmente, um Plano Promotor de Sucesso e nesse sentido também contamos com a colaboração de diversas equipas de trabalho, das quais destacamos a Equipa de Autoavaliação que recolhe, processa e analisa todos os resultados do agrupamento; a Equipa de Disciplina e Gestão de Conflitos que ajuda a superar divergências e promove o diálogo entre as partes desavindas; a Equipa do Plano Anual de Atividades que elabora, divulga e monitoriza as atividades do Agrupamento; a Equipa de Promoção da Saúde que sensibiliza os alunos para uma alimentação saudável, promove rastreios e faz também acompanhamento da Educação Sexual”, mencionou Mário Coelho ao labor.

O diretor do agrupamento Oliveira Júnior revelou que “atualmente a taxa de retenção do 1.º ao 9.º ano é de 0% e no ensino secundário é de 12,17%; o número de alunos com aproveitamento a todas as disciplinas é no 1.º ciclo de 98,7%, no 2.º e 3.º ciclos de 81,3% e no ensino secundário 88,7%”. Para além disso, no ano letivo anterior foram “distinguidos no quadro de excelência (do 4.º ao 12.º ano) 234 alunos, salientando ainda o facto de que “44,7% dos alunos do 12.º ano tiveram média igual ou superior a 18 valores”. Como “superamos todos os resultados anteriores, provavelmente esta é a razão porque somos a escola com mais alunos. Se se assumir que a escolha da escola é da responsabilidade dos pais e que estes podem escolher livremente a escola para os seus filhos, pode-se concluir que somos a escola preferida de S. João da Madeira”, considerou Mário Coelho.

O Agrupamento de Escolas Oliveira Júnior tem ainda “um projeto humanista, que respeita a diferença, que promove a integração de cada aluno, pondo em prática o nosso lema: ´Uma Escola de todos e para todos´”, uma escola que sabe acolher, cuidar e orientar. Uma escola que não dá receitas iguais para todos, mas que encontra um caminho para cada um, levando-o o mais longe possível. Defendemos que nenhum aluno deve ficar para trás e cada um vai ao seu ritmo”, afirmou o diretor, demonstrando-o com a criação de 19 “Áreas de Desenvolvimento Individual” que são projetos ligados ao teatro, à orquestra, ao desporto e à aventura, à culinária, à dança, à robótica, entre outros com menos expressão, onde os alunos se inscrevem, voluntariamente, para desenvolverem competências/habilidades que fazem deles pessoas mais capazes e mais felizes”.

“Continuamos a aguardar reforço” de mais assistentes operacionais

Depois do ano letivo anterior ter ficado marcado pela manifestação da comunidade escolar da Oliveira Júnior pela contratação de mais assistentes operacionais para a escola sede, “continuamos a aguardar reforço” por parte da tutela, afirmou Mário Coelho ao labor.

Apesar de o número de Assistentes Operacionais existentes nesta escola cumprirem os rácios, a comunidade escolar assegura que os funcionários não são suficientes para assegurar o devido acompanhamento de todas as crianças e jovens nem a manutenção de todos os espaços.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui