Os serviços camarários já emitiram “cerca de 1.600 faturas” por mês de despesas relativas às refeições escolares e às Atividades de Animação e Apoio à Família da Educação Pré-Escolar, adiantou Irene Guimarães, vereadora da Educação, ao labor.

Isto acontece depois do Município de S. João da Madeira ter enviado pela primeira vez, em dezembro do ano passado, 613 faturas de refeições dos alunos do 1.º ciclo e jardins de infância por email para os encarregados de educação.

Esta medida insere-se no Simplex Municipal que tem sido posto em prática no atual mandato através do lançamento da aplicação para dispositivos móveis “MunicípioSJM” ou da abertura à hora de almoço do Gabinete de Atendimento ao Munícipe, serviço que passou a contar, também recentemente, com dispositivos de leitura de Cartão do Cidadão.

“Além de facilitarem a vida aos munícipes na sua relação com a câmara, combatendo burocracias desnecessárias, estas medidas têm também impacto ao nível ambiental, pois refletem uma crescente desmaterialização de procedimentos, reduzindo a necessidade de circulação de documentos em papel e permitindo, assim, uma importante poupança de recursos, que deve ser uma preocupação da Administração Pública”, concluiu o Município em comunicado enviado ao labor.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui