Valadares Gaia FC, 1 – AD Sanjoanense, 4

Jogo no Complexo Desportivo de Valadares.

Árbitro: João Afonso, auxiliado por Nelson Pascoal e José Pena (AF Bragança).

Valadares Gaia FC: Fábio Carvalho, Eridson Eri, Pedro Silva (Cláudio Braga, 59’), Jonathan Antunes, João Sousa (João Pinto, 52’), Taofiq Jibril, Vítor Lobo, João Rodrigues, André Cosme (Siaka Bamba, 45’), Guilherme Quichini, Pinponsu Junior.

Suplentes: Siaka Bamba, Cláudio Braga, Luciano Couto, Álvaro Neto, João Pinto, Igor Rocha, João Beirão.

Treinador: Alexandre Ribeiro.

AD Sanjoanense: Diogo Almeida, Ibrahim, Rúben, Godinho, Gil Barros, Barbosa (George, 82’), Ricardo, Elisson, Bilu (Bruno Amorim, 60’), Elder Santana (Resende, 85’), Edson.

Suplentes: Mota, Almeida, Resende, George, Faria, Bruno Amorim.

Treinador: Sérgio Machado.

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Fábio Carvalho (46’), Elder Santana (46’), Barbosa (57’).

Marcha do marcador: 0-1 por Elisson (15’), 0-2 por Barbosa (18’), 0-3 por Elder Santana (46’ g/p), 1-3 por João Rodrigues (58’), 1-4 por Bruno Amorim (67’).

Com três jornadas cumpridas, a Sanjoanense somou a segunda vitória consecutiva ao bater, por 1-4, a formação de Valadares, vinda da Divisão de Elite da Associação de Futebol do Porto e que esta época se estreia no Campeonato de Portugal.

Depois de terem entrado no campeonato a perder, com uma derrota na deslocação ao recinto do Coimbrões, os alvinegros redimiram-se do desaire da jornada inaugural no segundo jogo da competição ao vencerem, em casa, a equipa de Vildemoinhos e no último fim de semana somaram mais três pontos com uma vitória em Vila Nova de Gaia. Mas foram os locais os primeiro a chegar com algum perigo à baliza quando, com apenas cinco minutos de jogo, Taofiq Jibril, sem qualquer oposição, não dá o melhor seguimento a um cruzamento de João Sousa.

O lance não intimidou nem fez esmorecer os homens de S. João da Madeira, que à passagem do primeiro quarto de hora inauguravam o marcador numa jogada de insistência com Elisson, pressionado dentro da área a bater, o guardião local.

A resposta do Valadares foi imediata com Pedro Silva, num cruzamento em jeito de remate, a obrigar Diogo Almeida a uma defesa atenta, mas seriam os visitantes, três minutos depois de abrirem o ativo, a chegarem novamente ao golo, quando num pontapé de canto Barbosa saltou bem alto e cabeceou para o segundo dos alvinegros.

Já perto da meia hora o Valadares podia ter reduzido na sequência de um forte remate de João Sousa, que o guardião visitante não segurou e que Taofiq Jibril não chegou a tempo para a recarga.

A segunda parte começou praticamente com o terceiro golo da Sanjoanense apontado por Elder Santana de grande penalidade, quando na primeira investida dos alvinegros o guardião da casa travou em falta o avançado brasileiro.

Cerca de 10 minutos depois os locais reduziam a desvantagem na sequência de um livre à entrada da área por intermédio de João Rodrigues. O Valadares parecia querer reagir e pouco depois Taofiq Jibril testava os reflexos de Diogo Almeida, mas seria a Sanjoanense a ampliar ainda mais a vantagem no marcador, quando aos 67 minutos Elder Santana, numa rápida investida do meio campo, serve Bruno Amorim, que, com um remate fraco mas que apanhou Fábio Carvalho desprevenido, fechou a contagem.

Créditos: Direitos Reservados

Este foi um encontro que ficou marcado pela estreia de Carlos Resende, de 17 anos, proveniente da formação da Sanjoanense, pela equipa sénior alvinegra

Com estre triunfo os alvinegros somaram a segunda vitória consecutiva no campeonato, que sofre agora uma breve paragem para a realização da primeira eliminatória da Taça de Portugal, com a Sanjoanense a deslocar-se, no sábado, a S. João de Ver para defrontar, pelas 17h00, a formação local.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui