SC S. João Ver, 0 – AD Sanjoanense, 3

Jogo no Estádio do Sp. S. João de Ver.

Árbitro: Pedro Ferreira, auxiliado por José Pereira e Nuno Freitas (AF Braga).

AD Sanjoanense: Diogo Almeida, Gil Barros, Rúben, Godinho, Ibrahim (Daniel, 76’), Barbosa (George, 68’), Ricardo, Elisson, Bilu (Juninho, 62’), Elder Santana, Edson.

Suplentes: Mota, Almeida, Jota, Daniel, George, Juninho, Amorim.

Treinador: Sérgio Machado.

SC S. João Ver: Nuno Dias, Nuno Martins, Roger Ramos, Joãozinho (Chapinha, 58’), Óscar Beirão, João António, Alex (Zé António, 73’), Aranha, Vando, Henrique (Caio, 87’).

Suplentes: Fernando Cunha, Caio, Rui Silva, Tiago Martins, Edu Marques, Chapinha, Zé António.

Treinador: Ricardo Maia.

Marcha do marcador: 0-1 por Elisson (10’), 0-2 por Edson (46’), 3-0 por Edson (70’).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Ibrahim (29’), Joãozinho (31’).

A Sanjoanense garantiu a presença na segunda eliminatória da Taça de Portugal ao vencer, no último sábado, na deslocação a S. João de Ver, a equipa local com três golos sem resposta.

Com um início dividido, foram, no entanto, os locais os primeiros a levar perigo à baliza de Diogo Almeida, com um forte remate de longa distância que obrigou o guardião alvinegro a uma defesa para canto, mas seria a equipa orientada por Sérgio Machado a colocar-se em vantagem aos 10 minutos, com um pontapé acrobático de Elisson, dentro da grande área, a colocar a bola fora do alcance do guarda-redes da casa.

A resposta dos locais surgiu à passagem do primeiro quarto de hora, num lance de bola parada, com Alex, na cobrança de um livre, a levar a bola à trave da baliza alvinegra.

O S. João de Ver ainda procurou chegar à igualdade antes do intervalo, mas seriam os visitantes, já em cima do período de descanso, a ampliar a vantagem com Bilu a aproveitar a desmarcação de Edson para servir o colega de equipa que, praticamente sem oposição, deu mais tranquilidade aos homens de S. João da Madeira.

Na segunda parte os locais entraram com vontade de diminuir a desvantagem e trouxeram mais equilíbrio ao jogo, mas sem conseguir criar grandes lances de perigo para a baliza à guarda de Diogo Almeida. A Sanjoanense, que manteve a sua organização defensiva e pressionante no ataque, acabaria por aproveitar uma falha dos homens da casa para fechar a contagem, com Edson a bisar na partida.

No próximo fim de semana regressa o Campeonato de Portugal com os alvinegros a defrontarem, em casa, pelas 15h00, a formação do Canelas 2010.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui