Candidatura da “Águas de S. João” ao programa PO SEUR foi aprovada

A “Águas de S. João” vai contar com um financiamento europeu de cerca de 170 mil euros, no âmbito do PO SEUR, Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos. Trata-se do resultado da aprovação de uma candidatura para melhoria da eficiência da rede de abastecimento público de S. João da Madeira, que irá beneficiar a qualidade do serviço prestado à população e reduzir perdas, como avança o Município em nota de imprensa remetida ao labor, acrescentando que a“operação proposta” pela empresa municipal sanjoanense passa, nomeadamente, pela substituição de redes de abastecimento de água com desempenho ineficiente, assim como pela aquisição e instalação de equipamentos e programas de telegestão, com recurso a sistemas acústicos e de vídeo.

Neste último caso, pretende-se investir na aquisição de equipamento para gestão operacional do sistema e para pesquisa ativa de fugas, o que, juntamente com outras intervenções previstas, permitirá uma redução do nível de perdas em mais de 60 por cento, num horizonte de dois anos, de acordo com as estimativas da empresa municipal sanjoanense. 

Investimento total de 500 mil euros

O valor total do investimento a realizar pela “Águas de S. João” é superior a meio milhão de euros. Ou seja, os 170 mil euros assegurados no âmbito da candidatura ao PO SEUR correspondem a cerca de 40 por cento da verba elegível para efeitos de candidatura, que é de 423 mil euros.

Surgindo como um dos 16 programas criados para a operacionalização da Estratégia Portugal 2020, o PO SEUR “pretende contribuir especialmente na prioridade de crescimento sustentável, respondendo aos desafios de transição para uma economia de baixo carbono, assente numa utilização mais eficiente de recursos e na promoção de maior resiliência face aos riscos climáticos e às catástrofes”.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui