Ao longo de uma semana o Clube A4 foi anfitrião de várias delegações de jovens portadores de deficiência, provenientes de seis países da União Europeia (Croácia, Espanha, Itália, Polónia, Roménia e de Portugal), no âmbito do Programa Erasmus +. Ao todo foram 48 jovens, oito por comitiva, que de 4 a 10 de outubro estiveram em S. João da Madeira, por intermédio da coletividade sanjoanense, resultado de uma candidatura a um projeto no âmbito do Erasmus + onde obteve um total de 87 pontos em 100 possíveis. Tendo em conta o facto de que foi a primeira vez que o Clube A4 se candidatou a um projeto europeu, na perspetiva dos responsáveis da coletividade este foi um “feito inédito”.

Esta iniciativa prende-se com o facto de o clube ter uma classe de desporto adaptado (Total Gym) e, por conseguinte, a direção assumir que seria uma mais-valia não só para a coletividade como para a região.

Trata-se de um projeto dirigido a jovens portadores de incapacidade física, mental e/ou sensorial, tendo como objetivo a promoção da inclusão social e da diversidade intercultural com base em aprendizagens informais de uma participação ativa na sociedade.

Para os dirigentes do Clube A4, que destacaram a importância de todos os que, de forma direta ou indireta, apoiaram a iniciativa, o resultado “foi substancialmente alcançado tendo tido uma importância muito relevante, tanto para os ginastas do clube como para os restantes intervenientes”. “Foram dias de aprendizagens e experiências recheadas de solidariedade, altruísmo, valores cívicos e amizade”, referem os responsáveis pela coletividade, que acreditam que “estas memórias serão marcos na construção de valores solidários e inclusivos de futuro” para os seus ginastas.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui