Financiada pelo programa comunitário Erasmus, esta iniciativa teve como objetivo contribuir para a inclusão social e o diálogo intercultural entre os jovens

Uma delegação de S. João da Madeira esteve na última semana de setembro em Pécs, cidade localizada no sudoeste da Hungria, juntamente com representantes de quatro países – Portugal, Hungria, Itália e Polónia – que participaram na reunião final do projeto comunitário YARD, no âmbito do qual foram desenvolvidas diversas atividades de educação e sensibilização contra a discriminação no último ano letivo.

A delegação sanjoanense incluiu representantes dos Agrupamentos de Escolas Dr. Serafim Leite, João da Silva Correia e Oliveira Júnior, CERCI, Ecos Urbanos e Divisão da Educação do Município.

Na sessão de abertura, Irene Guimarães, vereadora da Educação, que chefiou a delegação, teve oportunidade de oferecer ao seu homólogo de Pécs, Lazlo Ori, lembranças institucionais de S. João da Madeira, para além de tomar contacto com a realidade educativa dessa cidade.

Para Irene Guimarães esta foi uma ação de “extrema importância para todos os agentes educativos envolvidos, a qual enalteceu a cidade de S. João da Madeira e levou, pelos melhores motivos, o seu nome bem longe, mostrando o que de melhor se pode fazer no combate a todos os tipos de discriminação”.

A vereadora da educação realçou ainda o “excelente trabalho das escolas e das associações que se envolveram de forma construtiva, criativa e empenhada e que, em conjunto, enredando esforços e sinergias, prestaram um significativo contributo no sentido de eliminar obstáculos de segregação e de marginalização, erguendo alicerces que, com toda a certeza, darão resultados num futuro que todos queremos melhor”, segundo o comunicado enviado pelo Município ao labor.

O YARD é financiado pelo programa comunitário “Erasmus +” e teve como objetivo contribuir para a inclusão social e o diálogo intercultural entre os jovens, assim como combater a discriminação e promover a diversidade, através de práticas de cidadania. Para além do Município de S. João da Madeira, estiveram envolvidas entidades ligadas à educação de outras três cidades europeias: Milão (Itália), Lublin (Polónia) e Pécs (Hungria).

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui