O labor tem dois bilhetes duplos para oferecer para esta produção do Teatro da Didascália 

“Um espaço amplo. Argila no centro. Os intérpretes olham atentamente para ela.O que fazer com a argila?Qualquer toque irá transformar a argila numa qualquer outra coisa que não voltará a recuperar a sua forma inicial”.

Esta sexta-feira, dia 18, pelas 22h00, a Casa da Criatividade recebe “Argila: no princípio era o verbo”, uma produção do Teatro da Didascália, que reúne um bailarino, uma artista de circo e uma atriz. Em cima do palco, haverá ainda uma tonelada de “Argila”, não restando, pois, dúvidas que esta é mesmo uma proposta cultural fora da caixa que merece ser apreciada pelo público de S. João da Madeira.

A protagonista desta performance com encenação e cocriação de Bruno Martins, como o título sugere, é a argila, na qual três intérpretes – André Araújo (bailarino), Ariana Silva (artista de circo) e Cláudia Berkeley (atriz) – exprimem-se através da dança e do movimento, mergulhados num cenário composto por meia tonelada dessa matéria, que simula uma roda de oleiro, refere comunicado da câmara enviado ao labor.

O espetáculo, para maiores de 12 anos, é o terceiro projeto de uma trilogia que o Teatro Didascália desenvolveu – após a criação de “One Man Alone” (2014) e “O Vigilante Nocturno” (2018) – que busca a exploração da matéria e dos materiais.

Originária de Famalicão, esta companhia existe desde 2008 e aposta na criação de artes performativas, tendo como base a exploração de cruzamentos artístico, criando uma linguagem própria e inovadora.

Oferta de dois bilhetes duplos 

Osingressos, cujo valor situa-se entre os cinco e os 6,5 euros, estão à venda na BOL – BilheteiraOnline (https://cmsjm.bol.pt) e nos locais habituais. Mas os interessados em assistir a este espetáculo, que promete surpreender, podem também habilitar-se aos bilhetes duplos que o labor tem para oferecer aos dois primeiros leitores que ligarem para o telefone 256 202 600.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui