Já imaginou um laboratório de serigrafia instalado numa bicicleta que serve de mote à criação de manifestos libertários? Pois não precisa de imaginar porque já existe e esteve no sábado passado de manhã no Mercado Municipal de S. João da Madeira.

A ideia era que a oficina “Bicicleta Manifesta” fosse realizada na Praça, mas o mau tempo assim não o permitiu. Mas como dizia um dos cartazes instalados nesta bicicleta: “Mudam-se os tempos, manifestam-se as vontades”. E assim foi com a reação das pessoas que foram ao Mercado e de alguns dos vendedores ao ser no mínimo surpreendente quando foram convidados a escolher uma palavra e a contribuir para um grande manifesto coletivo.

Da primeira experiência realizada na oficina “Bicicleta Manifesta” resultou um cartaz com as palavras liberdade, sorrir, sonho, saudade, atitudes, razão e comunidade. “Se funciona (e funcionou) têm de tocar na campainha. É ritual”, disse Diogo deCalle, um dos artistas plásticos responsáveis pelo Atelier SER – Spontaneous Art Movement que usa a arte como forma de transformação social e como espaço de encontro com o intuito de “semear um outro espaço público”.

E foi precisamente isso que aconteceu. Esta oficina levou a que algumas das pessoas que passaram por aquele local público vissem algo de diferente, a “Bicicleta Manifesta”, parassem para ver e perceber o que era, e tivessem a vontade de participar e deixar a sua marca num projeto coletivo em que o importante é fazer “arte com pessoas, não só para as pessoas”, tal como descreve o Atelier Ser na sua página do Facebook.

Ao longo da manhã muitas outras palavras foram escolhidas dando origem a outros cartazes. O labor conversou com duas pessoas que participaram na oficina “Bicicleta Manifesta”. Uma delas foi Ana Correia, de Vale de Cambra, que foi ao Mercado Municipal à procura de flores para um projeto profissional. Quando “entrei estava a tentar perceber o que estava a acontecer de diferente, tirei uma fotografia e aproveitei a oportunidade para escolher a palavra sonho”. E o que aconteceu por acaso, de repente fez todo o sentido devido ao significado que algumas das palavras do cartaz para o qual contribuiu têm para si nesta nova fase da sua vida.

“Como quero partir para um negócio meu, a palavra escolhida (sonho) faz todo o sentido”, explicou Ana Correia sobre este novo desafio profissional que representa “uma paixão, o ser livre, a educação para o meu filho ao ver que a luta pelo sonho compensa, o colaborar e lidar com pessoas, o sorrir à vida e a lembrança de todo o caminho até chegar a este meu objetivo”.

Uma outra participante foi Maria Ferreira, vendedora no Mercado, cuja boa disposição contagiou todos os presentes. Ela começou por pedir uma palavra com “piripiri” que era nada mais nada menos do que “sexo”, mas como não tinha acabou por escolher “paixão” por ser “romântica e muito apaixonada”, contou a própria ao labor.

Para Maria Ferreira esta iniciativa foi “espetacular” e mereceu a nota máxima de “10 valores”. Por isso, “todas as semanas” deviam fazer “coisas diferentes” como esta no Mercado Municipal, apelou a vendedora durante a conversa com o labor.

Projeto foi às escolas e levou a que a oficina de serigrafia possa ser reativada 

“Para cada lugar desenhávamos sempre qualquer coisa para falar com aqueles convidados”, contou Diogo deCalle.

Tal aconteceu para o Encontro Internacional de Ilustração ao desenharem um balão com uma ilustração para a oficina realizada nas escolas e outro para as oficinas que tiveram lugar no Mercado e na Torre da Oliva.

A ilustração representa “a ideia de como as pessoas têm sempre alguma coisa a dizer através do balão de banda desenhada”, completou o artista plástico.

A oficina realizada nas escolas “correu muito bem”, surgiu “a ideia de ativação da oficina de serigrafia” (na escola Serafim Leite) e “os miúdos ficaram super entusiasmados”, revelou Diogo deCalle. Já a oficina no Mercado “acho que está a ser espetacular” e “estamos a ser muito bem-recebidos”, considerou o artista plástico ao labor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...