Serafim Leite Foi aprovada por unanimidade, na última reunião de câmara, a adjudicação da requalificação da Escola Secundária Dr. Serafim Leite à empresa “Construções Fernando Soares Ferreira, S.A.” pelo valor de cerca de 2,6 milhões de euros mais IVA e com prazo de execução de 540 dias.

De acordo com Jorge Sequeira, “estão reunidas todas as condições necessárias” para que esta “obra desejada e esperada há muitos anos pela comunidade educativa” arranque finalmente.

Já Paulo Cavaleiro (PSD/CDS-PP), embora tenha votado a favor este ponto da ordem de trabalhos, referiu que o que se vai gastar nesta empreitada “continua a ser pouco quando comparado com o que se gastou com as outras secundárias da cidade”. Além disso, e em relação ao anterior concurso, disse achar “estranho que uma empresa que não conseguiu entregar documentos em S. João da Madeira o tenha feito noutro município” para uma obra também do género.

Em resposta, o edil assegurou que “foram feitas várias diligências com vista a que a empresa apresentasse a garantia bancária”, o que não aconteceu. “Este é um facto absolutamente indiscutível”, deixou claro Jorge Sequeira, garantindo ainda que vai apresentar a Paulo Cavaleiro “documentação” que comprova essas mesmas diligências.

Pesar A morte de Carlos Alberto dos Santos, ex-funcionário da câmara e colaborador de desporto em vários órgãos de comunicação social, na passada terça-feira de manhã, apanhou de surpresa o executivo municipal. Paulo Cavaleiro (PSD/CDS-PP) foi o primeiro a mostrar-se pesaroso, seguindo-se, depois, Jorge Sequeira. O autarca não só se associou “a esta intervenção” de Paulo Cavaleiro, como também disse que iam endereçar votos de “sentido pesar” à família enlutada.

Apoio No passado dia 22, foi também aprovado por unanimidade um apoio camarário no valor de cerca de 19.220 euros ao funcionamento das escolas EB1 e jardins de infância do concelho. Montante a aplicar na manutenção de fotocopiadoras e equipamento informático, em material escolar, funcionamento das bibliotecas escolares e atividades de animação e apoio às famílias.

A propósito, Jorge Sequeira fez saber que no ano letivo anterior a câmara entregou 35 novos computadores às escolas e que ainda “há pouco tempo entregámos mais 12”.

Já o vereador da oposição defendeu que, no que concerne ao material informático, “faz mais sentido fazer contratos de serviços em vez de aquisições”. Uma hipótese a ponderar quando “ocorrer a descentralização de competências” na área da Educação e “toda a gestão do parque escolar passar para a câmara”, afirmou o presidente, acrescentando que nessa altura estudarão “soluções de otimização”.

Xadrez Se até ao momento o pedido de apoio feito em agosto passado para participação de dois atletas do Clube Académico Téssera num campeonato mundial de xadrez continua sem resposta não foi por “desconsideração” nem “falta de amizade pelo clube”, mas por não haver “enquadramento legal”. Em resposta a Paulo Cavaleiro (PSD/CDS-PP), a vereadora do Desporto, Rosário Gestosa, confirmou que recebeu, de facto, um pedido nesse sentido, o qual, tal como todos os outros, encaminhou para o chefe da divisão “para se apurar da necessidade desse apoio”.

Ainda a propósito, o presidente Jorge Sequeira disse que “temos de manter cautela quando estão em causa ações desta natureza”. Em seu entender, “há que refletir bem, ter o processo bem instruído para, depois, tomar uma decisão”.

 

 

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here