Lixo não é doação 

DR

O Centro Humanitário da Cruz Vermelha de S. João da Madeira “enquanto instituição de apoio aos mais carenciados necessita das doações de toda a população”, mas devem ser “doações feitas em consciência”, alertou Maria José Teixeira ao labor.

Em causa está o que aconteceu ao longo da tarde de sexta-feira passada, dia 25 de outubro, junto às instalações da instituição na Rua Guerra Junqueiro. “O que aconteceu esta tarde é lamentável. Alguém deixou ao lado da nossa delegação sacos com puro lixo com a Cruz Vermelha em funcionamento”, lamentou a secretária da instituição.

 

Chove dentro do Mercado

DF

Enquanto o labor estava a assistir a uma iniciativa, no dia 19 de outubro, no Mercado Municipal, reparou que chove no Mercado Municipal.

Só reparámos num espaço em que estavam a cair algumas gotas de água, mas poderão existir outros. Por isso, a quem de direito pedimos que ponha mão a isto.

 

Os leitores também podem dar o seu contributo para esta nova rubrica do labor ao enviarem as informações e fotografias para o email alguempoemaoaisto@labor.pt.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here