AD Sanjoanense, 3 – Lusitânia de Lourosa, 1

Jogo no Estádio Conde Dias Garcia.

AD Sanjoanense: Diogo Almeida, Gil Barros, Ruben, Godinho, Daniel Pinto, Barbosa, Ricardo, Juninho (Elisson, 73’), Belkheir, Élder Santana (Ibrahim, 89’), Marcilio (Edson, 9’).

Suplentes: Fábio Santos, Ibrahim, Elisson, Edson.

Treinador: Sérgio Machado.

Lusitânia de Lourosa: Leonardo, Vitinha, Gil Dias, Grilo, Serginho, Ministro (Danilo, 83’), Hélder Castro (Júlio Alves, 72’), Diogo Cunha (Filipe, 64’), Léo, Jaime Poulson, Goba.

Suplentes: Wilson Soares, Filipe, João Ferreira, Danilo, Zé Leite, Júlio Alves, Dinis Pinho.

Treinador: Rui Quinta.

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Gil Dias (37’), Godinho (45’), Vitinha (52’), Juninho (71’), Elisson (81’).

Marcha do marcador: 0-1 por Goba (58’), 1-1 por Élder Santana (60’), 1-2 por Élder Santana (62’), 1-3 por Élder Santana (82’).

Ao intervalo: 0-0.

Seis anos depois da última vitória frente ao Lourosa, a Sanjoanense voltou a bater a formação de Santa Maria da Feira num encontro em que os alvinegros até nem começaram bem e chegaram a estar em desvantagem, mas três golos de Elder Santana confirmaram mais um triunfo dos locais, que continuam sem perder em casa esta época.

Com uma primeira parte bem disputada, foi a formação de Lourosa que procurou tomar conta da partida, incomodando por algumas vezes o guardião Diogo Almeida, mas sem criar grandes situações de perigo, perante uma Sanjoanense que, logo aos nove minutos, foi obrigada a uma alteração forçada após a lesão de Marcílio.

E depois de uma primeira parte dividida e sem golos, a segunda metade seria bem diferente. Os visitantes entraram com vontade de chegar ao golo e depois de um livre de Diogo Cunha, nos instantes iniciais, que obrigou Diogo Almeida a uma excelente intervenção, seria o Lourosa a adiantar-se no marcador aos 58 minutos de jogo. Na cobrança de um canto Goba surge no meio da área alvinegra e sem oposição cabeceou sem dificuldades para o fundo das redes.

Apesar da desvantagem a Sanjoanense reagiu e a igualdade acabaria por surgiu dois minutos depois pelos pés de Élder Santana, que aproveitou uma falha defensiva do Lourosa para abrir caminho para o que seria uma tarde de sonho para o brasileiro.

O empate deu outro alento aos locais, que aumentaram a pressão e pouco depois davam a volta ao marcador com um golo que merece ser visto e revisto. Aproveitando um corte mal feito dos visitantes, Belkheir lança a Sanjoanense ao ataque e serve Élder Santana, que domina com o peito à entrada da área e com um pontapé magistral de bicicleta deixa Leonado pregado ao chão e coloca os alvinegros no comando do marcador. O brasileiro ainda não estava satisfeito e num momento em que a Sanjoanense controlava o jogo, Élder Santana aproveita um erro de Gil Dias para se isolar frente ao guardião visitante para apontar o terceiro dos alvinegros e da conta pessoal.

Com este resultado a Sanjoanense mantém-se na terceira posição, mas diminuiu para um ponto a distância que a separa do segundo e terceiro, classificados.

No próximo fim de semana os alvinegros deslocam-se a Paredes.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here